Médico coleta lacres de alumínio para alimentar crianças humildes

O médico Bruno Pompeu Marques, de Santos (SP), compra leite e outros alimentos para crianças atendidas por instituições beneficentes com o dinheiro que junta vendendo lacres de alumínio e tampas plásticas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele criou uma rede de apoio no WhatsApp que não para de crescer. O grupo chamado ‘Captação e Catação’ tem cerca de 100 colaboradores. É a forma que o médico encontrou para aproximar pessoas interessadas em ajudar.

Lá, eles organizam a coleta do material, vendido em seguida para um estabelecimento que compra material reciclável.

médico coleta lacres alumínio alimentar crianças carentes

A campanha foi batizada de ‘Tampa Amiga’, segundo informações do site Boqnews. Vale lembrar que o grupo conta com pessoas que moram em outras cidades, como São Paulo e Araçatuba, no interior paulista.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mais de 631 quilos de lacres de alumínio e tampas plásticas já foram coletados. Nesse ritmo, Marques calcula chegar a uma tonelada de material retirado das ruas e praias antes do final do ano. “Meu carro vive cheio de tampas e lacres. Estou até pensando em comprar uma Kombi”, brinca Marques.

O médico consegue encontrar tempo entre o trabalho no Centro de Saúde Martins Fontes, pela manhã, e no seu consultório, no período da tarde, para recolher as doações. Não é difícil topar com ele nas ruas e praias de Santos recolhendo lacres e tampinhas, antes mesmo da coleta do caminhão de lixo reciclável.

“Consigo fazer isso nas horas vagas. O objetivo é ajudar as crianças e dar um destino melhor a esse lixo reciclável”, afirma ele

médico coleta lacres alumínio alimentar crianças carentes

Depois que recolhe o material, o médico os vende. Com o dinheiro recebido compra leite, farinha, açúcar e achocolatado para mais de 100 crianças de duas associações beneficentes. Só de leite foram doados quase 100 litros.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

médico coleta lacres alumínio alimentar crianças carentes

O projeto tem pontos de coleta no Colégio do Carmo, na Ponta da Praia, nas portarias do edifício Med Center (Rua Olinto Rodrigues Dantas, 343, na Encruzilhada) e no consultório do médico (Avenida Afonso Pena, 170, no Boqueirão).

É assim que o médico e dezenas de colaboradores ajuda a resolver dois problemas de uma só vez: o lixo nas ruas e praias e a falta de alimentos para crianças e famílias carentes da região. Quem quiser se juntar a essa corrente do bem basta acompanhar a página do médico no Facebook.

crédito das fotos: Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,493,634SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Adolescente leva irmã com doença terminal para o baile de formatura para realizar um de seus últimos desejos

Aos seis anos, a pequena norte-americana Rebekah Spader foi diagnosticada com Síndrome Mielodisplásica, um câncer de medula óssea. Ela lutou durante os quatro anos...

Homem empurra melhor amigo cadeirante através da trilha do Caminho de Santiago

Justin Skeesuck e Patrick Gray foram melhores amigos durante a vida toda. Justin, aos 16 anos, sofreu um acidente de carro que provocou uma...

Conheça Ingrid, a garçonete que fala três línguas e canta para os clientes

Com apenas 21 anos, Ingrid Silva já viveu no exterior, passou fome, foi atropelada, teve problemas sérios de saúde e na vida pessoal, e chegou...

Garotos reagem do jeito mais lindo possível a um pedido absurdo: bater numa menina

Experimentos sociais podem ser divertidos, intrigantes, interessantes e na maioria das vezes, polêmicos, mas acredito que nem todos tem uma proposta coesa, e talvez...

“Saúde mental” bate recorde de busca no Google durante a quarentena

A quarentena fez todo mundo buscar alternativas para a manter a saúde emocional em dia. E não foi por acaso que o Google registrou...

Instagram