Um médico que tricota gorrinhos para os bebês que ele fez o parto

8
15115
gorrinhos bebês babies

O médico norte-americano Robert Sansonetti faz algo que vai muito além de sua “função” de médico, algo que nenhuma mãe imagina ganhar, além do cuidado no acompanhamento da gravidez e na hora do parto, ele entrega gorrinhos feito por ele mesmo para todas as crianças que ele traz ao mundo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A história toda começou quando Robert comprou de presente de natal para os filhos o livro Hat Heads, que narra a história de um homem que distribui 50 gorros criados por ele para distribuir aos amigos, após isso então o médico teve a ideia de fazer esses mimos aos bebês que ajudava a nascer.

Melhores reações aos gorrinhos

A reação da primeira mãe que ele deu o gorro foi de tanta emoção que ele resolveu continuar com os presentes, que levam cerca de 4 horas para ficar pronto, e ele faz entre um intervalo e outro no hospital. Mais do que um mimo, o gorro é importante para manter a cabecinha do bebê aquecida, pois ele perde muito calor após o nascimento.

[UPDATE] Pelo grande sucesso do post, resolvemos atualizá-lo com novas fotos dos bebês, vejam:

photo-720703

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Recentemente fizemos um projeto em parceria com a Reserva Mini para ensinar futuros pais a aprender tricô:

photo-724535

photo-725141

photo-737215

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

photo-772077

photo-790284

bob1

bob2

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

bob3

bob4

bob6

photo-761693

photo-790284

bob7

Como forma de agradecimento, os pais dão a Bob (apelido do médico) novelos de lãs para que ele continue a fazer os gorrinhos, formando assim uma corrente do bem para continuar um trabalho tão delicado.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

8 COMMENTS

  1. Parabéns pela atitude Dr e aos pais tbém!
    Lindas fotos dos bebês e dos gorrinhos! 🙂

  2. Legal Dr. Bob, que tal agora aquecer a cabeça das vovós e vovôs que eles também sentem um frio danado e não tem muito tempo pra esperar pelo presente não, porque o “trem” deles já tá quase chegando na estação.

Comments are closed.