Mesmo depois de se aposentar, médico visita paciente em coma há 17 anos no ES

O médico Potratz se aposentou, mas não rompeu a relação de carinho e cuidado com a paciente ‘Clarinha’, internada em coma há 17 anos no Hospital da Polícia Militar (HPM), em Vitória, no Espírito Santo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Potratz, que também carrega a patente de coronel, continua visitando Clarinha, pois ainda não perdeu a esperança de localizar algum parente dela. A paciente foi atropelada no dia 12 de junho de 2000, no centro de Vitória. Sem identificação, ela foi socorrida e levada para o hospital.

Leia também: “Ela me curou”, diz médico após consulta de idosa com câncer

Segundo informações da TV Gazeta, Clarinha continua em um quarto do HPM, onde recebe cuidados dos profissionais do hospital e atenção do coronel Potratz – médico responsável pelo seu atendimento desde que ela chegou no hospital.

“Depois de tantos anos me dedicando a cuidar dela, mesmo como médico, a gente acaba criando um laço de afetividade. E essa história me marcou muito, pelos aprendizados que eu tive durante essa jornada, e pela situação da própria Clarinha, que ainda está indefinida. Ainda não achamos a família dela, mas continuamos com esperança”, disse Potratz ao G1.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Médico ‘opera’ bicho de pelúcia para menino não se sentir sozinho em cirurgia

Nas visitas, ele sempre traz algo novo para Clarinha. As enfermeiras costumam avisar quando ela precisa de algo. “Eu estava até explicando para ele que às vezes ela tem febre, porque sente a falta dele, porque toda manhã era ‘bom dia, Clarinha’”, explicou a enfermeira Neide Lopes.

O médico disse que só vai parar as visitas quando encontrar os familiares da paciente. Mesmo assim, ele não vai se afastar completamente. “Com certeza vou manter um elo com essa família que por ventura a gente possa identificar ajudando, mesmo que seja à distância, mas continuar participando da vida dela, até como médico, poder visitá-la e ter uma interação já que a gente criou um vínculo de afetividade muito grande”, finaliza.

Leia a matéria completa aqui.

Crédito de capa: Reprodução/TV Gazeta 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,646,763SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Projeto refaz a carteira e mesa escolar baseada nas necessidades dos alunos

O 'Mount Sua Escola' é um case incrível de Design Thinking aplicado ao ambiente escolar.

120 cachorros são salvos de gangue ilegal de carne na China

É muito triste quando vemos nossos amigos caninos em situações de extremo perigo e quando descobrimos que estão sãos e salvos percebemos logo que...

Refugiada sudanesa, Adut Akech é o novo rosto da Chanel

De criança refugiada à super-modelo, Adut Akech foi escolhida pela Chanel para apresentar a pré-coleção outono-inverno 2018/19.

Gatinho cego descobrindo seu primeiro brinquedo

Esse vídeo já tem quase 5 milhões de views na internet, e vocês vão saber porque: Mostra o gatinho Oskar, que nasceu com microftalmia e...

Brinquedo escondido em sabonete melhorou em 70% hábitos de higiene nas crianças

Para chegar ao brinquedo, elas precisam usar o sabão lavando as mãos. Assim as crianças aprendem e criam esse importante hábito higiênico.

Instagram