Médicos revivem bebê nascido durante bombardeio na Síria

O número de mortes na guerra civil na Síria chegou a 470 mil, segundo o jornal britânico “The Guardian” e o bombardeio não cessa.

Já o de feridos chega a 1,9 milhão de pessoas. Os números poderiam ser ainda maiores se não fosse o trabalho salvador de médicos voluntários que atuam em Aleppo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

bombardeiro na síria

Um bebê nascido no ano passado poderia entrar para essas estatísticas perturbadoras, mas foi “ressuscitado” pelos médicos. A mãe do menino, identificado apenas como Mayissa, caminhava para o hospital, em trabalho de parto, quando foi atingida por um bombardeio.

O impacto da explosão quebrou seu braço direito, a perna esquerda e os estilhaços atingiram sua barriga, o que fez os médicos pensarem que a criança nasceria morta. Um vídeo filmado por Waad al-Kateab em julho mostra o momento angustiante dos médicos tirando o bebê sem vida do ventre de sua mãe.

bombardeio na Síria

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Não havia sinal de batimentos cardíacos, mas isso não foi suficiente para fazer os médicos desistirem de salvar o recém-nascido. Após injetar uma substância desconhecida no cordão umbilical, um dos médicos pendura o bebê de cabeça para baixo e massageia assiduamente suas costas.

De repente, o bebê começa a chorar. “Mais poderoso por um momento que o grito diário de morte de Aleppo”, disse o narrador do vídeo, o jornalista Matt Frei. “Depois de 20 minutos de ressuscitação, temos a recuperação”, comemorou o médico.

O vídeo faz parte de uma série do telejornal britânico Channel 4 News que documenta os bombardeios em Aleppo. Assista:

Com informações do New York Post / Todas as imagens: Reprodução

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM







Médicos revivem bebê nascido durante bombardeio na Síria 2

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,080,475SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Skol convida ilustradoras para recriarem pôsteres machistas da marca

Uma coisa não tem mais volta (ainda bem): marcas machistas não são mais toleradas ou absorvidas de forma velada e sem cobrança de um...

Casal adota cinco irmãos para que não se separassem no DF

Os irmãos Maria Vitória (14), Pedro Henrique (12), Miguel (8), Gabriel (6) e Vitor (4) não precisam ter mais medo de serem separados.

Com vaquinha, mecânico que anunciou suas ferramentas comprará casa para a família

Warley é mecânico e decidiu vender suas ferramentas de trabalho para colocar comida em casa.

Catadores de Alagoas ganham bikes de cargas para evitar crueldade com cavalos

E se, em vez de usar os cavalos e outros animais para carga, os trabalhadores pudessem usar bikes? As bikes começaram a surgir como ideia...

Grife italiana perde 14 mil seguidores após apoiar LGBTs – e agradece!

Junho foi o mês do orgulho LGBTQ+, tendo sido comemorado mundialmente. Centenas de marcas e empresas participaram da comemoração. A grife italiana Diesel, por...

Instagram

Médicos revivem bebê nascido durante bombardeio na Síria 3