Médicos revivem bebê nascido durante bombardeio na Síria

O número de mortes na guerra civil na Síria chegou a 470 mil, segundo o jornal britânico “The Guardian” e o bombardeio não cessa.

Já o de feridos chega a 1,9 milhão de pessoas. Os números poderiam ser ainda maiores se não fosse o trabalho salvador de médicos voluntários que atuam em Aleppo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

bombardeiro na síria

Um bebê nascido no ano passado poderia entrar para essas estatísticas perturbadoras, mas foi “ressuscitado” pelos médicos. A mãe do menino, identificado apenas como Mayissa, caminhava para o hospital, em trabalho de parto, quando foi atingida por um bombardeio.

O impacto da explosão quebrou seu braço direito, a perna esquerda e os estilhaços atingiram sua barriga, o que fez os médicos pensarem que a criança nasceria morta. Um vídeo filmado por Waad al-Kateab em julho mostra o momento angustiante dos médicos tirando o bebê sem vida do ventre de sua mãe.

bombardeio na Síria

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Não havia sinal de batimentos cardíacos, mas isso não foi suficiente para fazer os médicos desistirem de salvar o recém-nascido. Após injetar uma substância desconhecida no cordão umbilical, um dos médicos pendura o bebê de cabeça para baixo e massageia assiduamente suas costas.

De repente, o bebê começa a chorar. “Mais poderoso por um momento que o grito diário de morte de Aleppo”, disse o narrador do vídeo, o jornalista Matt Frei. “Depois de 20 minutos de ressuscitação, temos a recuperação”, comemorou o médico.

O vídeo faz parte de uma série do telejornal britânico Channel 4 News que documenta os bombardeios em Aleppo. Assista:

Com informações do New York Post / Todas as imagens: Reprodução

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,293,090SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Crianças de 5 anos formam conselho deliberativo de escola pública em São Paulo

Elas fazem parte de um conselho deliberativo, chamado “Conselho da Criança”, que tem mudado a rotina e as decisões na gestão da escola. A primeira reivindicação dos pequenos foi o fim da obrigatoriedade do soninho após o horário de almoço.

12 mil voluntários se juntaram para plantar 110 mil mudas de árvores no interior de SP

É clichê dizer isso, mas “a união faz a força”. E isso fica muito claro quando vemos experiências como essa acontecendo. Em Indaiatuba, interior de...

Corrida de rua doará 2 fatias de pão a cada quilômetro percorrido

A Global Energy Race é uma iniciativa do Grupo Bimbo, dono de marcas como Pullman e Ana Maria.

Governo disponibiliza livros digitais gratuitos sobre agricultura familiar

Através do PEAAF (Programa de Educação Ambiental e Agricultura Familiar), o Ministério do Meio Ambiente disponibilizou uma série de publicações para pessoas envolvidas com...

Vítima de exploração sexual volta ao Maranhão graças à corrente de solidariedade nas redes sociais

O relato que a jovem Juliana Leandro postou no Facebook sobre a transexual maranhense Amanda, também conhecida como Suzy, que foi vítima de aliciamento...

Instagram

Médicos revivem bebê nascido durante bombardeio na Síria 1