Megafones de madeira gigantes amplificam os sons da natureza no seu estado mais bruto

Um grupo de estudantes de arquitetura da Academia de Artes da Estônia criou uma estrutura de madeira capaz de amplificar desde o cantar dos pássaros e do vento se movendo pelas folhas das árvores até sons mais imperceptíveis da natureza.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O objetivo do projeto é criar uma experiência de interação entre o ser humano e a natureza no seu estado mais bruto. Os estudantes instalaram três megafones de madeira em uma área verde, formando uma espécie de triângulo, para que os visitantes possam relaxar e contemplar os sons da natureza.

A estrutura permite observar melhor o meio ambiente e ter ótimos momentos de descanso na floresta. “Os megafones de três metros de diâmetro operam como um ‘coreto’ para a floresta ao redor da instalação, amplificando seus sons”, dizem os criadores do projeto.

O fotógrafo Tõnu Tunnel registrou a estrutura sendo visitada por pessoas curiosas pelo o que a natureza tem para lhes dizer:

megafones-estonia-arquitetura-sustentavel-01

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

megafones-estonia-arquitetura-sustentavel-02

megafones-estonia-arquitetura-sustentavel-04

megafones-estonia-arquitetura-sustentavel-08

megafones-estonia-arquitetura-sustentavel-07

megafones-estonia-arquitetura-sustentavel-05

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

via [ARQUITETURA SUSTENTÁVEL]

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,848SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Estudantes desenvolvem bactéria que come plástico dos oceanos e o transforma em água

Por Jessica Miwa A poluição nos oceanos é um problema grave. Segundo estudos recentes, é muito provável que até 2050 terá mais plástico do que...

Ex-motorista de ônibus escolar se forma no ensino médio 79 anos depois de abandonar a escola

Na quarta-feira passada (23), Grace Lee McClure Smith celebrou sua formatura do ensino médio aos 94 anos de idade, graças a uma cerimônia honorária...

Mesmo correndo risco de despejo, irmãs doam cabelo para mulher que sofre de alopecia

Gente, a Emillyelen de apenas 6 anos e a Emillyana de 12 são duas garotinhas muito fofas e que entendem completamente o significado de...

Hospital Badim: Médicos criam corrente solidária para socorrer feridos no incêndio

Diversos médicos atenderam ao apelo dos colegas do Hospital Badim, na Tijuca (RJ), atingido por um incêndio no final da tarde desta quinta-feira (12).

Menino engorda 11 kg para doar medula ao pai e salvar sua vida

O menino passou dois meses comendo mais do que o normal. Praticante de esportes, Yinpeng também teve que abandonar algumas competições em que estava inscrito.

Instagram

Megafones de madeira gigantes amplificam os sons da natureza no seu estado mais bruto 4