A melhor “profissão” do mundo dos cães: pegar bolinhas em partidas de tênis

Quem tem um cão em casa sabe: a coisa que eles mais adoram na vida é correr atrás de uma bolinha (ou qualquer outro objeto que eles “elegem” como brinquedo oficial), e fazem isso milhares de vezes, até a gente cansar de brincar, porque eles mesmos nunca cansam.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pois bem, durante uma partida amistosa de tênis entre as atletas Venus Williams e Svetlana Kuznetsova em Auckland, Nova Zelândia, três cães foram ganharam a maravilhosa função de catadores de bolas. A ação foi chamada de “The Best Ball Boys in The World”, e foi feita pelo banco neozelandês ASB.

Com direito a uniforme especial, olha só a performance sensacional dos bichos:

tenis_2 tenis_3

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,502,658SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Polícias de PE constroem casa para senhora que morava em barraco coberto por plástico com dois filhos

O caso aconteceu no final do ano passado, às vésperas do natal. Nove policiais do 17º Batalhão da Polícia Militar realizaram o sonho de...

Thiago Braz consola francês que foi vaiado no pódio por torcida brasileira

O alemão Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional, não ficou muito feliz com as vaias da torcida para o francês Renaud Lavillenie, 29,...

Menino de 5 anos salva irmã de incêndio e volta para resgatar cachorro e restante da família

Essas histórias lindas de salvamento encantam muito a gente! O pequeno Noah Woods, de apenas 5 anos, foi um super-herói este ano. A casa dele...

Projeto transforma lama que destruiu Mariana em tijolos para reconstruir a região

“Tijolos de Mariana” não possui nenhuma ligação com o governo, nem empresas de mineração, e conta totalmente com o apoio da sociedade para acelerar o impacto positivo do projeto nas comunidades locais.

Ela venceu o preconceito na faculdade de Moda e hoje é referência

Darlene Martins Nobre teve que superar o preconceito por conta de sua idade quando na faculdade de Moda.

Instagram