Ele teve a melhor reação depois que soube que tiravam sarro dele na academia

Qual seria sua reação ao saber que pessoas da academia em que você frequenta estão usando fotos suas para fazer xacotas pelo WhatsApp sobre seu jeito de vestir ou agir?

Quando a prática do bullying acontece na infância e adolescência, nós adultos temos como obrigação educar esses jovens a não praticar tais comportamentos, mas e com adultos? Que ~ teoricamente ~ já teriam entendimento suficiente para respeitar o espaço e as escolhas dos outros. Ou seja, espera-se uma reação de adulto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Bom, ainda bem que temos pessoas que reagem e fazem a diferença em suas ações.

O Leonardo Constancio, que mora no Rio de Janeiro, passou recentemente por uma situação dessas, em um post no Facebook ele contou que semana passada uma amiga da academia contou que estavam circulando fotos dele na aula de dança em tom vexatório e de piada em grupos de What’sApp dos homens que frequentam a academia. Ela inclusive não mostrou o conteúdo do que estava sendo falado, pois isso partiu do grupo de whatsapp em que o marido dela participa. Mas o Leonardo pediu que como amiga, ela contasse mais coisas sobre as piadas e xacotas sobre ele.

Ele disse: “Achei isso errado de tantas formas (falta de respeito, empatia, micro agressões, machismo, patriarcado, bullying, homofobia…) que não tive o que falar, apenas sentir.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No fim de semana, ele saiu para os blocos, se divertiu, mas ficou muito pensativo sobre o que ia fazer com essa informação e decidiu então que não ia baixar a cabeça.

Foi então que ele foi à academia vestido assim:

Colocou um belo de um colan e uma meia preta “combinando” com o tênis. E foi lindamente para a academia. Entramos em contato com o Leonardo, e perguntamos o motivo da atitude, dele, que nos disse:

“Eu resolvi tomar essa atitude pra não ficar calado mesmo diante da situação. E quis tratar de forma sutil, não agressiva e com bom humor. Como não sabia quem estava fazendo os compartilhamentos, minha ideia foi ir assim pro meio do salão da musculação pra mensagem ser distribuída a todos. A famosa carapuça.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Na publicação em seu Facebook, já tem mais de milhares de curtidas e centenas de comentários de aprovação pela atitude dele.

Uma pessoa estava lá na ocasião, e comentou:

Tem gente já querendo marcar um mutirão de todo mundo de colan:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E comentários sobre sua forma de encarar a vida:

E milhares e milhares de comentários apoiando a coragem de ser quem é:

Em conversa com o Leonardo, ele nos disse que muitos ficaram incomodados e comentando sobre ele, mas que não se intimidou, e algumas pessoas estão mandando para o Instagram dele (@leomilkshake) fotos que haviam tirado no dia, pois achavam que ele havia feito uma aposta ou algo assim. Ele fez a rotina de treinos e a aula de dança como aeróbio:

E finaliza:

“O que espero é que as pessoas não se calem, não abaixem a cabeça e não sintam vergonha de ser quem são. Respeito é um direito!”

 

É isso aí Leo, a gente tá com você! <3

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,638,512SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Corredor cego ajuda atleta-guia e dupla conquista o bronze no Parapan

Os corredores Yeltsin Jacques e Rafael Santeramo correm literalmente grudados - e não é força de expressão. Yeltsin tem 0,5% da visão, o suficiente para...

Homem em situação de rua recusa proposta de R$ 2 mil para vender seu cão, Santos (SP)

Amor não se vende! Luiz Fernando Gomes de Araújo vive em situação de rua em Santos, litoral de São Paulo. Ele recusou uma proposta...

Idosa que aprendeu a ler e escrever aos 63 anos vence concurso literário e dá exemplo: nunca é tarde!

Nunca é tarde para aprender a ler e escrever. Nem mesmo para vencer um concurso literário. Essa é a inspiradora história de uma idosa...

Papai Noel Negro tem recepção calorosa em shopping de Salvador: “Isso é importante”

Quem personifica o Papai Noel neste ano é o aposentado Ubirajara Pereira, o Seu Bira, de 66 anos. Ele disse que ficou surpreso ao receber o convite e que agora está se divertindo com a criançada.

Por muitos anos ela teve vergonha do seu rosto e hoje empodera meninas da periferia (SP)

Quando tinha apenas 3 meses de vida, Amanda Oliveira sofreu um acidente doméstico e queimou o seu rosto com água fervente. Durante muitos anos,...

Instagram