Menina adotiva que nasceu sem as mãos ganha prêmio de melhor caligrafia

Annie Clark tem 7 anos, nasceu sem as mãos, mas isso não a impediu de conquistar um prêmio louvável: o de melhor caligrafia, oferecido por um editora nos Estados Unidos, a premiação chama-se Nicholas Maxim.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Além de escrever, a garota também aprendeu a pintar, desenhar e colorir. Annie também nada, se veste, come e abre latas de refrigerante sozinha. A menina, que também consegue usar o iPod touch e computadores sem ajuda de ninguém, quer escrever um livro sobre animais no futuro.

Annie foi adotada por Tom e Mary Ellen Clark e tem oito irmãos –cinco deles, adotivos. Ela, assim como os irmãos, são chineses. Quatro dos adotivos têm deficiências que afetam as mãos ou os braços. Outras duas irmãs de Annie, Alyssa, 18, e Abbey, 21, têm síndrome de Down.

“Nós não estávamos procurando adotar crianças com necessidades especiais, mas foi o que aconteceu”, disse Mary Ellen. “Essa foi a família que Deus quis que tivéssemos.”

17k5x0kifza7ejpg annieAnnie-Clark

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com informações do UOL.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,843,411SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Neste supermercado, eles plantam no meio do corredor o que você colhe e compra

O mercado METRO, em Berlim, está testando uma nova forma de vender produtos em sua área de feira. Eles estão plantando dentro da própria...

Após rejeição em fast food e em Harvard por 10 vezes, chinês funda empresa que vale mais de US$ 200 bilhões

Quantas vezes você já ouviu um sonoro “não” na vida? Se a resposta vier do chinês Jack Ma, a negativa apareceu pelo menos 10...

Menina vende limonada para combater exploração infantil, arrecada 300 mil reais e muda milhares de vidas

Veja como a gente não pode se conformar com as injustiças do mundo e precisa reagir pacificamente, com atitudes positivas. O exemplo vem de uma...

Casal pede doações para hospital em festa de Bodas de Ouro ao invés de presentes

O casal Gomercindo e Iria Cassol arrecadou mais de 5 mil reais durante a festa, em Cascavel, no Paraná.

Instagram