“Eu não vou desistir do meu sonho”. Menina sofre bullying porque joga futebol, faz desabafo e é homenageada

Clique e ouça:

A pernambucana Larissa Vitória tem apenas 10 anos e ama futebol. Ela é uma das atletas do Agrestina Futebol Clube, em Recife.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Olha ela aí toda cheia de charme!

Larissa no campo de futebol
Essa é a empoderadíssima Larissa Vitória! | Foto: Instagram

Acontece que Lari vem sofrendo bullying por causa das suas roupas, pela opção do esporte e por outras questões estéticas.

Campanha para a Zefinha, idosa de 63 anos que cata latinhas para sobreviver, reforme sua casa. Vamos ajudar?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

De uma forma muito madura e firme, a menina desabafou no Instagram, falando que não admite mais sofrer todos esses abusos.

Ela conta que ama futebol, que não vai desistir do sonho de ser jogadora e pede para as pessoas pararem de criticá-la.

No vídeo, ela também comenta sobre a estética dos seus dentes. A menina tem dois dentes frontais com deformidade e passa por tratamento para corrigi-los. Só que ela comenta que as brincadeiras relacionadas a isso também a incomodam.

Graças a Deus meu pai tá podendo pagar um dentista e logo logo isso vai se resolver”, diz Larissa.

Eu fiquei bastante comovida com o vídeo de Larissa quando vi pela primeira vez.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dá uma olhada.

View this post on Instagram

atleta de @fabyacsantos do @agrestinafc

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A post shared by Larissa Victoria Souza (@lari.gol11) on

Não demorou muito para Lari viralizar na rede e receber apoio de diversas pessoas. Em poucas horas, o vídeo dela foi visto mais de 350 mil vezes.

Entre os comentários de apoio, a gente pode ver alguns perfis sobre futebol feminino e o da jogadora da seleção brasileira, Andressa Alves.

comentários no post de Larissa
Reprodução: Instagram

Homenagem

Na manhã desta terça-feira, Lari foi convidada para encontrar os atletas do time Santa Cruz, de quem ela recebeu uma linda homenagem.

Os dois jogadores parabenizaram Larissa pela atitude e maturidade em exigir respeito, e que isso realmente precisa acontecer com todas as meninas que querem jogar futebol.

Lari também ganhou boné, camisa e máscara do time. De quebra, ela pôde jogar um pouco no gramado do Arrudão, estádio pertencente ao time.

Olha que momento maravilhoso dela com os jogadores do Santa Cruz!

A técnica de Lari, Fabya Santos, também fez questão de publicar uma foto com a menina, reforçando que está orgulhosa da pequena atleta e que esse discurso é muito importante para outras “Larissas que existem em nosso país”.

Veja o post:

Eu fiquei bastante comovida com a história da Lari e torço para que ela não desista nunca do seu sonho de jogar futebol!

Ainda quero torcer por você na nossa seleção, Lari! Parabéns pela força, determinação e personalidade!

[ASSISTA: Segundo episódio do programa do Razões para Acreditar: Era Só  O que Faltava!] 

FONTE: Instagram da Lari e da Fabya (sigam elas, combinado?)

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,076,276FãsCurtir
2,422,376SeguidoresSeguir
20,572SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Confeiteira é humilhada por cobrar taxa de entrega de R$2 e recebe apoio de internautas

A confeiteira Ângela Oliveira foi humilhada por uma cliente que se recusou a pagar a taxa de entrega do seu bolo de pote. Na troca...

Sogro anda de mãos dadas com genro para ajudá-lo a superar medo de sair na rua com o namorado

Fran guarda algumas memórias ruins de um passado recente, quando ele sofreu preconceito por ser homossexual. O jovem foi agredido fisicamente, além de ter passado...

Policial compra bolo de aniversário para jovem que chorava por terem esquecido a data

O que você faria se todo mundo que você conhecesse esquecesse de seu aniversário? Esta situação, hipotética para muitos, aconteceu com um garoto tailandês....

Após 8 anos presos em gaiolas, leões de circo são resgatados e pisam na grama pela primeira vez

Não é de hoje que percebemos uma mudança radical nos cuidados aos animais de circo. O público tem cobrado mais responsabilidade com espaço, alimentação...

Depois da formatura, ela foi até o trabalho de seu pai, que é pedreiro, para agradecê-lo

Se tem uma coisa que a paraguaia Yudit Romero reconhece é o sacrifício que o pai fez para lhe dar a melhor educação possível. Don...

Instagram

“Eu não vou desistir do meu sonho”. Menina sofre bullying porque joga futebol, faz desabafo e é homenageada 14