Menina que pediu casa com geladeira “para beber água gelada” recebe mais de R$ 62 mil em doações

A pequena Vitória vive em Barras, no Piauí e queria muito uma casa com geladeira para poder beber água gelada.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O que é simples para muitos, para essa menininha seria algo incrível. Por isso a história dela nos comoveu e lançamos uma vaquinha na VOAA para ajudá-la.

Outra criança linda que precisa da nossa ajuda é o Davi. O pequeno tem dois aninhos e perdeu a visão após tantas cirurgias por conta da hidrocefalia. Ele precisa muito de um tratamento fora do país para voltar a enxergar. Clique aqui e contribua com a sua vaquinha.

E muita gente ajudou a Vitória a realizar o seu maior sonho. Com a ajuda de vocês, conseguimos arrecadar o suficiente para fazer a reforma na casa que ela mora com a família.

E ela fez questão de agradecer a todos que ajudaram.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Relembre a história da Vitória

A Vitória mora com os pais e os irmãos em um local completamente improvisado. Eles não têm cozinha, banheiro e nem paredes em todos os cômodos, além de uma série de outras estruturas simples, que toda casa precisa ter.

A casa também não tem água e nem energia. Os pais da Vitória dormem em uma rede, que fica na parte externa da casa. Os três filhos dormem em camas de solteiro, que estão em uma área coberta.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Olha como é a casa dela hoje:

casa vitória

casa vitíoria

cozinha casa vitoria

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A única renda da família vem do pai dela, que trabalha na lavoura. Ele quem improvisou a casinha onde moram hoje.

O valor da vaquinha é para reformar toda a casa da Vitória e, claro, comprar uma geladeira para ela poder beber água gelada, como sempre sonhou.

Vaquinha arrecadou R$ 62 mil

E com a ajuda de todos vocês, vamos transformar a vida dessa garotinha! A vaquinha da Vitória conseguiu arrecadar R$ 62.766,75, o suficiente para levar um pouco mais de conforto para essa família.

vaquinha vitoria bate meta

A gente só vibra a cada meta batida! Agora torcemos para que a reforma da casinha da Vitória aconteça logo e possamos mostrar como ficou “toda bonita“, como ela mesmo disse que queria.

[Michel tem Síndrome de Down e mora com sua mãe idosa que não trabalha. A casa deles desabou e o sonho desse menino incrível é reconstruir a sua casinha. Clique aqui e contribua com a sua vaquinha para realizarmos esse sonho!]

Seguimos Acreditando!

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais.

 

selo conteúdo original

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,638,607SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Princesa Charlotte entrega marmitas para famílias carentes em seu aniversário de 5 anos

A princesa Charlotte, segunda filha do príncipe William com a duquesa Kate Middleton, foi fotografada na semana passada servindo refeições para famílias carentes no...

Policial liberta cachorro preso em toldo e ganha ‘abraço’ como forma de agradecimento

Por vezes os cachorros são capazes de fazer coisas que nem os próprios donos compreendem. Um cãozinho que mora em San Felipe, na província de...

[VÍDEO] Com reflexo rápido, pai salva filho de 4 anos de carro desgovernado na Rússia

Em São Petersburgo, na Rússia, perto de uma loja de rua, um pai salvou a vida de seu filho de 4 anos quando pereceu...

Esta escola dá aulas em rio para mostrar aos alunos a situação da biodiversidade aquática ao vivo

Por Jessica Miwa Lembra das aulas de biologia na escola, sentado entre quatro paredes em uma sala de aula, decorando os diversos nomes e funcionalidades...

Ele cuidou do amigo cadeirante e agora celebram a amizade no Warung Day Festival

São 25 anos de amizade, comemorada no Warung Day Festival ao som de Gabe e Gui Boratto, seus DJs favoritos do Festival.

Instagram