Menino que cata latinhas para competir conquista medalha em torneio

O judoca Victor Ariel, apelidado de “Cobrinha”, conquistou a medalha de bronze no Campeonato Paulista de Judô, realizado no sábado passado (8), em São Carlos, no interior de São Paulo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O garoto de 11 anos chama a atenção por sua história de superação. Victor mora no núcleo Chácaras Mogiano, no bairro de Boraceia, em Bertioga, e há três anos participa do Projeto Boraceia. Quando não está treinando ou estudando, ele sai às ruas para catar latinhas e juntar algum dinheiro para se inscrever em campeonatos.

No início deste ano, Cobrinha competiu profissionalmente na Copa SP ao lado de outros 60 atletas pela categoria sub-13 (Super Ligeiro) e com outros 20 atletas na final do Campeonato Paulista.

Alexandre Lima, professor do garoto, conta que é um admirador do atleta e de sua história, buscando incentivá-lo a permanecer no esporte. “Ele vive no bairro mais carente da cidade, com condições extremamente difíceis, a mãe trabalha o dia todo para sustentar a família, o pai teve uma morte trágica há alguns anos”, escreveu o treinador nas redes sociais.

Menino que catava latinhas para competir vence campeonato paulista de Judô

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ao lado do judoca Renato Thomaz Silva, Cobrinha foi campeão da repescagem e ambos levaram a medalha de bronze para casa. O ouro foi para Lucas Antunes e a prata para Lucas Rafael de Oliveira Macedo.

Com o terceiro lugar, Victor garantiu uma vaga para o Campeonato Sul Brasileiro, em Curitiba, a ser realizado no segundo semestre deste ano, com data a definir.

Projeto Judô Clube Bertioga

O Judô Clube Bertioga é realizado pela Prefeitura de Bertioga e atente 200 alunos, por meio de parcerias com o Projeto Boracéia; com a Emeif José Carlos Buzinaro, através do Centro Comunitário de Guaratuba; e do projeto Judô Ativo, oferecido pelo Infap (Instituto de Formação e Ação Política) na Vila do Bem, bairro Chácaras.

Leia também: Mulher que recolhia latinhas se torna coordenadora de curso EAD

“O Centro Comunitário de Guaratuba, entidade filiada a Federação Paulista de Judô e Confederação Brasileira de Judô, permite aos alunos a participação nas disputas oficiais”, conta o professor e coordenador do projeto, Alexandre Lima.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: Costa Norte/Foto: Arquivo Pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,572,983SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pai se veste de Homem-Aranha e faz surpresa de aniversário para filho com câncer terminal

Um pai se vestiu de Homem-Aranha para surpreender seu filho que luta contra um tumor no cérebro. Mike Wilson se vestiu como herói para fazer...

Menina adotiva que nasceu sem as mãos ganha prêmio de melhor caligrafia

Annie Clark tem 7 anos, nasceu sem as mãos, mas isso não a impediu de conquistar um prêmio louvável: o de melhor caligrafia, oferecido...

Idoso ‘adotado’ por vizinhas recebe primeira dose de vacina contra a Covid-19

O seu Roberto tomou a sua primeira dose da vacina contra a Covid-19, gente! Lembra dele? Ano passado, ajudamos a transformar a vida do...

Empresário que já foi morador de rua agora ajuda crianças e idosos

Pessoas que têm histórias parecidas com as nossas são as que melhor nos entendem. Sua experiência se transforma no apoio que precisamos nas horas...

Startup alagoana está ajudando milhões de surdos a se comunicarem com o mundo

Uma startup alagoana está mudando a vida de milhares de pessoas surdas do Brasil, bem como de todos que os cercam também. Através do Hugo, um avatar...

Instagram