Menino que cata latinhas para competir conquista medalha em torneio

O judoca Victor Ariel, apelidado de “Cobrinha”, conquistou a medalha de bronze no Campeonato Paulista de Judô, realizado no sábado passado (8), em São Carlos, no interior de São Paulo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O garoto de 11 anos chama a atenção por sua história de superação. Victor mora no núcleo Chácaras Mogiano, no bairro de Boraceia, em Bertioga, e há três anos participa do Projeto Boraceia. Quando não está treinando ou estudando, ele sai às ruas para catar latinhas e juntar algum dinheiro para se inscrever em campeonatos.

No início deste ano, Cobrinha competiu profissionalmente na Copa SP ao lado de outros 60 atletas pela categoria sub-13 (Super Ligeiro) e com outros 20 atletas na final do Campeonato Paulista.

Alexandre Lima, professor do garoto, conta que é um admirador do atleta e de sua história, buscando incentivá-lo a permanecer no esporte. “Ele vive no bairro mais carente da cidade, com condições extremamente difíceis, a mãe trabalha o dia todo para sustentar a família, o pai teve uma morte trágica há alguns anos”, escreveu o treinador nas redes sociais.

Menino que catava latinhas para competir vence campeonato paulista de Judô

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ao lado do judoca Renato Thomaz Silva, Cobrinha foi campeão da repescagem e ambos levaram a medalha de bronze para casa. O ouro foi para Lucas Antunes e a prata para Lucas Rafael de Oliveira Macedo.

Com o terceiro lugar, Victor garantiu uma vaga para o Campeonato Sul Brasileiro, em Curitiba, a ser realizado no segundo semestre deste ano, com data a definir.

Projeto Judô Clube Bertioga

O Judô Clube Bertioga é realizado pela Prefeitura de Bertioga e atente 200 alunos, por meio de parcerias com o Projeto Boracéia; com a Emeif José Carlos Buzinaro, através do Centro Comunitário de Guaratuba; e do projeto Judô Ativo, oferecido pelo Infap (Instituto de Formação e Ação Política) na Vila do Bem, bairro Chácaras.

Leia também: Mulher que recolhia latinhas se torna coordenadora de curso EAD

“O Centro Comunitário de Guaratuba, entidade filiada a Federação Paulista de Judô e Confederação Brasileira de Judô, permite aos alunos a participação nas disputas oficiais”, conta o professor e coordenador do projeto, Alexandre Lima.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: Costa Norte/Foto: Arquivo Pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,842,344SeguidoresSeguir
24,854SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Instituição fabrica cadeira de rodas especial para crianças com doença rara poderem brincar!

Para atender mais crianças com mielomeningocele, a instituição precisa de ajuda! Vaquinha é lançada para a fabricação da cadeira de rodas especial e devolver às crianças a autonomia para brincarem!

A felicidade deste garoto ao ver a neve pela primeira vez está nos enchendo de amor

O que é mais lindo do que a inocência de uma criança? Temos muito o que aprender com eles mesmo! Esse vídeo, de quando...

Escola da Tailândia ergue centro esportivo feito de bambu

O Bamboo Sports Hall é o casamento perfeito entre arquitetura e meio ambiente.

Vovó de quase 100 anos é a melhor aluna de sua sala

Nunca é tarde para corrermos atrás de nossos objetivos! A vovó Norberta de Assis, de 99 anos, está no projeto TAP 2 – Tempo...

Jovens autistas do DF formam banda de rock e promovem inclusão social

A banda de rock Timeout rompe paradigmas em cima do palco.

Instagram

Menino que cata latinhas para competir conquista medalha em torneio 3