Menina de 6 anos troca presentes de aniversário para ajudar asilo com doações

Qual criança não ama fazer aniversário? Um dia todo voltado para ela, cheio de presentes, bolo, docinhos e todas aquelas coisas deliciosas que vêm com a data.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para a pequena Bárbara Rocha, de 6 anos, não foi diferente, mas em vez de ela ganhar brinquedos, ela fez um pedido inusitado: doações para idosos que moram em um asilo no Distrito Federal.

Com o tema de “Frozen”, seus coleguinhas de creche, no Núcleo Bandeirante, levaram alimentos não perecíveis, fraldas geriátricas e materiais de higiene pessoal.

“Foi o melhor dia da minha vida, com certeza. Não quero ganhar mais presentes, quero ajudar mais e mais os outros. Agora, meus aniversários serão só assim”, disse Bárbara em entrevista ao G1.

festinha

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Segundo a mãe, Alinie, de 36 anos, a ideia surgiu após a filha assistir a uma reportagem em que idosos sofriam maus tratos. “Fiquei surpresa e totalmente sem reação quando ela me disse que gostaria de trocar os presentes de aniversário por doações para os velhinhos. Foram dois meses organizando tudo.”

O asilo escolhido foi o Maria Madalena, que também fica no Núcleo Bandeirante, onde vivem mais de 70 idosos, todos recebendo um pouco do aniversário e da gentileza da linda Bárbara.

Foram arrecadados cerca de 20 kg de feijão, 40 kg de açúcar, 30 kg de arroz, 6 pacotes grandes de fraldas geriátricas e algumas cestas básicas completas. “Ganhamos também sacos de farinha, café e materiais de higiene pessoal. Essa festa de aniversário foi, de longe, a melhor. Todos se divertiram com um brilho no olhar especial, as crianças estavam felizes de contribuir”, disse a mãe.

Uma outra consequência ótima da escolha da pequena é que seus colegas acabaram sendo contagiados e também querem fazer o mesmo em suas festas.

professoras_de_barbara1

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Estou muito orgulhosa da Bárbara. No convite da festinha dela, escolhemos a seguinte frase: ‘Contagie e se deixe contagiar’. Tenho certeza que ela está contagiado muitos corações por aí. Alguns pais vieram nos parabenizar e também pretendem copiar a ideia”, contou Alinie.

“A Bárbara estuda na creche desde pequena, e é maravilhoso acompanhar o desenvolvimento de um caráter tão bonito e único. Dos 180 alunos convidados a participar, 100 vieram e doaram várias coisas. Foi lindo e mágico”, comemorou Priscilla Sales, orientadora educacional da creche.

Que tal fazer algo assim também? Muitas vezes, não precisamos de mais coisas, já temos muitas, enquanto outras pessoas precisam muito, de alimentos, roupas, mas, principalmente, gentileza.

Fonte: G1 / Foto: Priscilla Sales/Arquivo Pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,518,910SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

“Eu Sou Sofia”: UNICEF lança campanha para falar de crianças que vivem em áreas de conflito

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) lançou no último dia 2 a campanha “Eu Sou Sofia”. A iniciativa foi criada pela...

Vaquinha da VOAA: ajude estes pais de gêmeos siameses com os custos para cirurgia e tratamento de seus bebês

Pâmela, de 20 anos, e Wender, de 23, realizaram o sonho de se tornarem pais com a chegada dos gêmeos Nathan e Natanael. Mas...

Filha faz casamento em hospital para que pai pudesse participar

A cerimônia aconteceu no hospital onde o pai está internado para que ele participasse desse momento especial vida dela.

Bailarina com síndrome de Arnold Chiari supera pescoço fixo e apresenta lindo espetáculo

Essa é uma história de como a arte cura. Wilmára Marliére tem 53 anos de idade e desde criança sofre com a Síndrome de...

Agricultores que cultivam cacau sentem o sabor de chocolate pela primeira vez

Chocolate. Indiferente da sua preferência, o amor por ele é algo universal, compartilhado entre nós. Após o jantar ficamos ansiosos por ele, celebramos aniversários...

Instagram