Menina com deficiência faz amizade com gari: “Estar com você é a melhor parte do meu dia”

Duas vezes por semana, uma garotinha com deficiência de Vestavia Hills, no Alabama (EUA), mal pode esperar o caminhão de lixo passar na porta de sua casa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dentro dele, está um dos seus melhores amigos.

Às terças e sextas, Emma Grace espera ansiosamente que o coletor de lixo Elbert Berry desça do caminhão para cumprimentá-la.

menina com deficiência faz amizade com gari

“Ela com certeza gosta muito dele”, diz a mãe de Emma, Laura Grace. “E ele gosta muito dela também”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Tudo começou graças ao fascínio da menina por grandes caminhões – mas rapidamente se tornou algo sobre a pessoa que está lá dentro os dirigindo.

“No primeiro dia em que Elbert apareceu, ele começou a acenar para ela”, disse Laura. “E ela realmente ficou animada porque, pela primeira vez, quando o caminhão de lixo passou, eles a notaram de verdade”.

No mês passado, quando as escolas do estado do Alabama retomaram as aulas presenciais, Emma quis trazer sua seu novo amigo para a sala de aula. Ela perguntou a Berry se poderia tirar uma foto com ele para que pudesse levá-lo consigo para a escola todos os dias.

“Essa pequenina me fez um cartão de aniversário feito à mão”, disse Elbert. “Dizia ‘eu te amo’ e tinha uma foto acompanhada por dentro”.

Tocado com o amor genuíno da criança, o coletor decidiu retribuir o gesto fraterno.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

menina com deficiência faz amizade com gari

Dias depois do seu aniversário, ele fez um colar para Emma com a mesma foto. No verso, diz: “Você é a melhor parte do meu dia!

Elbert carregou o colar por semanas até seu horário coincidir com o dia que ela estivesse em casa. “Quando ele deu a ela o colar, seu rosto apenas se iluminou. Ele estava tão orgulhoso de presentear Emma e fzê-la sorrir”, disse a mãe.

“E isso me fez pensar que ele era o tipo de pessoa que deveria ser celebrada, mas provavelmente mais importante do que isso, ele é o tipo de pessoa que todos nós deveríamos tentar ser mais parecidos, todos os dias”, concluiu.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Assista ao vídeo:

Junto à Stone, viajamos o Brasil para mostrar negócios que muita gente acha que não daria certo na nossa terrinha – e dão! Veja o 6º EP da websérie E se fosse no Brasil?

Fonte: Sunny Skyz
Fotos: Laura Johnson / Arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM







Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,956,757SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

No Zoológico do futuro, não há gaiolas e os animais circulam livremente

Zoológicos são destinadas para os amantes dos animais, e ainda muitas pessoas que amam os animais não amam zoológicos. Enquanto é fascinante ver tigres...

Família de Quaden Bayles vai doar dinheiro de vaquinha para a caridade

A família de Quaden disse que recusará os 700 mil dólares australianos (2 milhões) arrecadados em uma vaquinha criada pelo comediante norte-americano Brad Williams...

Harvard desenvolve vacina contra câncer agressivo com 100% de eficácia

Pesquisadores do Harvardd’s Wyss Institute desenvolveram uma vacina personalizada contra o câncer agressivo, testada e com 100% de eficácia. A “vacina implantável” tem o tamanho...

Cabeleireiro libera Wi-Fi do seu humilde salão para crianças sem internet estudarem

No Paraguai, um cabeleireiro fez bonito ao liberar o Wi-Fi do seu humilde salão para crianças com dificuldade de acesso à internet para acompanhar...

Idosa recebe cartas de amor quase 70 anos depois do seu envio durante a II Guerra

Já fazia duas semanas que algumas cartas dirigidas a Dorothy Bartos chegaram na casa de Martha Rodriguez em Chicago. As cartas eram de um marinheiro...

Instagram