Menina de 2 anos fica encantada com boneca Barbie que se parece com ela

A reação da pequena Ella Rogers, 2 anos, ao ganhar uma boneca Barbie parecida com ela, é mais um dos muitos exemplos incríveis da importância da representatividade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os pais de Ella compraram uma Barbie da linha ‘Fashionistas‘, linha de bonecas criada pela fabricante Mattel para ampliar a diversidade de seus produtos.

A linha inclui bonecas com deficiência física, sem cabelo e com vitiligo.

Menina fica encantada boneca Barbie se parece com ela
Foto: Reprodução/Mattel

A mãe de Ella conta que a filha nasceu com espinha bífida, um defeito congênito que ocorre quando os ossos da coluna não se formam completamente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O caso da menina é mais grave: ela está paralisada da cintura para baixo, precisando utilizar uma cadeira de rodas para ter mobilidade.

Menina fica encantada boneca Barbie se parece com ela
Foto: Reprodução/Sparkt

“Ela está paralisada do peito para baixo. Já sofreu várias fraturas nas pernas, devido ao baixo tônus ​​muscular e densidade óssea insuficiente”, disse a mãe de Ella, Lacey Brown-Rogers, à revista Inside Edition.

Lacey é enfática ao afirmar que sua filha é absolutamente como qualquer outra menina, o que inclui o desejo de querer brincar e se divertir. A linha Barbie Fashionistas era perfeita para ela.

Menina fica encantada boneca Barbie se parece com ela
Foto: Reprodução/Sparkt

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Ella é como qualquer outra criança. Ela não é verbal, mas se comunica através da linguagem de sinais e entende tudo o que você está dizendo”, disse Lacey. “Saber que ela foi incluída com uma Barbie em uma cadeira de rodas é incrível, porque é alguém como ela.”

O vídeo gravado no momento que Lacey entrega a boneca para a filha e sua reação é a coisa mais linda. Olha só:

 

Ver essa foto no Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) em

[Nota de Redação]

O seu Zezinho tem 68 anos e nunca foi à escola. Ele queria muito aprender o alfabeto e finalmente poder escrever o próprio nome. Gentil toda vida, uma professorinha de 9 anos começou a ensinar o vendedor de picolé a ler e escrever.

[Participe da campanha que vai doar 50 cadeiras de rodas para crianças com doenças raras. Clique aqui e faça a sua doação.]

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Sparkt e Inside Edition

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,833,017SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

A festa inteira de casamento enfaixou o braço para apoiar a noiva que quebrou o pulso

Como uma dama de honra ou padrinho, você provavelmente não pensaria em ir a um casamento com o braço enfaixado, mas essa foi a...

Professor vai montado de drag para falar sobre tolerância e respeito à diversidade na Paraíba

Você já viu um professor que vai montado de drag queen dar aula? Foi assim que o professor Luis Lima deu aula na última...

Projeto anti-bullying da Finlândia chega a América Latina após sucesso na Europa

Uma vida inteira pode ser diferente se as crianças não sofrerem agressões de colegas na escola. É com essa premissa que existe o KiVa, um projeto anti-bullying...

Em SP, ciclistas encontram cão abandonado em estrada e o levam para casa

Um grupo formado por vários ciclistas que estavam pedalando na Rodovia dos Bandeirantes, que liga São Paulo ao interior, teve uma atitude linda e...

Instagram