Menina de cinco anos esvazia seu cofrinho para comprar leite para seus colegas de sala

banner reservaSunshine Oelfke, de apenas cinco anos, mora em Michigan, nos Estados Unidos. Ela sempre gostou de tomar leite em todas as suas refeições, então quando percebeu que uma de suas colegas de classe não podia comprar o alimento, decidiu mudar essa história.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Duas semanas atrás, a avó de Sunshine, Jackie Sue, viu a menina  esvaziando seu cofrinho e contando as moedas. Sunshine colocou todo o valor que tinha em um sacola plástica e guardou em sua mochila da escola.

Jackie Sue ficou confusa quanto ao que a Sunshine estava planejando fazer com o dinheiro, porque a garotinha costuma usar exclusivamente o cofrinho para armazenar todo as moedas que consegue guardar, para um dia poder comprar sua própria moto de neve.

Quando ela perguntou por que Sunshine estava esvaziando seu cofrinho, a resposta da menina a surpreendeu:

“Eu vou usá-lo para comprar o vale-leite para a minha amiga Layla”, explicou Sunshine. “A mãe dela não tem dinheiro para comprar, mas eu tenho”, concluiu.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Há 20 alunos de cinco anos de idade na escola primária Birchview Elementary, e metade deles não pode comprar os cartões de vale-leite que custam US$ 0,45 na hora do lanche. Isso significa que fornecer leite para cada cada aluno custa aproximadamente US$ 180 por mês.

Então, depois de comprar o vale-leite para a Layla, Sunshine levou todo o seu dinheiro do cofrinho para o seu professor, que totalizou US $ 30. Jackie Sue e Sunshine criaram uma página do GoFundMe para ajudar a arrecadar dinheiro para o resto do ano letivo.

A notícia viralizou e a campanha superou sua meta, e arrecadou  US $ 6.000.

“A Sunshine tem 5 anos e não compreende o  tamanho do impacto que ela está fazendo, mas nós, sim”, diz Jackie Sue.

“O que ela entende, [é isso]: todos os seus amigos conseguiram leite na semana passada na escola”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Meu coração está tão cheio de orgulho e amor, sabendo que em um mundo onde há tanto ódio, há um raio de sol com um coração ENORME que – aos 5 anos – AMA a todos e sempre quer ajudar”, ela concluiu.

Via

Foto: Jackie Sue Oelfke

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

barra reserva

 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,419,547SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Após a morte da filha, pai pedala mais de 3 mil km para ouvir os batimentos cardíacos dela uma última vez

Este pai não pôde conter as lágrimas quando escutou os batimentos cardíacos de sua filha pela primeira vez depois de seis meses. Isto porque Loumonth Jack Jr,...

Mercado cria “leve mais, pague mais” para inibir compra excessiva de álcool gel

Um mercado na Dinamarca descobriu um jeito criativo e inusitado para frear a compra excessiva de álcool em gel. Quase como uma promoção 'ao contrário',...

Vaquinha da VOAA arrecada mais de R$ 76 mil para vendedor de picolé que chorou por não vender nada

E o seu Manoel, gente? Que história, hein?! Nos últimos dias esse vendedor de picolé emocionou muita gente nas redes sociais, quando um vídeo...

Vídeo mostra o poder do elogio e da positividade

É muito comum entrarmos na internet procurando alguma diversão rápida, ver uma foto engraçada ou dar uma checada no que os amigos postam no...

Estudantes de SP desenvolvem jogos e apps para combater feminicídio e violência doméstica

Dois jovens desenvolvedores de games, Tayla Dantas e Mario Henrique Silva, criaram um game que pretende ajudar a combater o feminicídio, chamado Illis, disponível...

Instagram