Aos 7 anos, menina lança livro em defesa dos animais

O mundo encantado das crianças é povoado por bichinhos e elas os adoram, mas para uma escritora mirim de Brasília, respeitar e proteger os animais é muito importante.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ágatha Luiza Borba Barrocas tem sete anos, nasceu numa família vegana e vive com 12 cães e cinco gatos, todos resgatados das ruas. Apesar da tenra idade, ela já demonstra consciência com relação à necessidade de preservar a natureza e todos os seres que nela habitam.

Por isso acaba de lançar o livro Eu Gosto dos Animais que ela mesma escreveu e ilustrou de ponta a ponta e que fez questão de ter a renda revertida para o Santuário das Fadas – uma ONG do Rio de Janeiro que resgada animais domésticos e silvestres.

Ágatha com um de seus 12 cães e páginas de seu livro. Arquivo pessoal

“Ser vegana é respeitar os animais, ajudar a natureza, diminuir o desperdício de comida e água, diminuir a destruição das florestas e a poluição. Eu adoro ser vegana porque gosto de ajudar a natureza e os animais, e a comida é deliciosa. Eu também sou natureza”, diz a jovem escritora.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Segundo Bruna Borba, mãe de Ágatha, o livro é feito com olhar, texto e ilustrações de uma criança para outras crianças: “Ela também tem a intenção de incentivar mais meninas e meninos a escreverem e quebrar um pouco dessa coisa de que crianças só se tornam alguém quando adultas e que não devem ser ouvidas”.

Ágatha com um de seus cinco gatos resgatados. Arquivo pessoal

Para alcançar mais crianças, Bruna criou uma vaquinha para doação do livro para bibliotecas comunitárias e educadores que não podem adquiri-lo. A venda do livro, a vaquinha e um vídeo da Ágatha lendo sua primeira obra estão neste link

Mas o talento de Ágatha não para por aí. A garotinha ainda toca bateria:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A mãe conta orgulhosa que Ágatha também é uma inventora nata: “São coisas simples. Ela costura, faz bonecos, ursinhos e muitos brinquedos de papelão, tudo com material reciclado”.

Alguns brinquedos inventados por Ágatha. Arquivo pessoal

A menina é muito inventiva. Vejam só:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ser uma criança vegana não é fácil num mundo de tentações com muitos salgadinhos e doces à base de ingredientes de origem animal. Mas segundo Bruna isso não tem sido problema para a Ágatha. Na escola, por exemplo, ela leva seu próprio lanche.

Cada vez mais as crianças estão dando excelentes lições de vida para os adultos e mostrando que um mundo melhor, mais solidário, mais respeitoso com os animais e sustentável é possível. Basta querer, né Ágatha!?

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,835,884SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Mãe transforma filho em Goku, de “Dragon Ball”, para semana de boas-vindas da escola

É lindo quando os pais dão espaço e liberdade suficientes para que os filhos possam se expressar da maneira que quiserem - com o...

Colégio particular no Rio abre as portas para alunos de escolas em greve estudarem de graça

“Muitos alunos da rede estadual estavam vindo aqui para saber sobre as nossas aulas, mas acabavam esbarrando nas mensalidades (a partir de R$ 211). Paramos e pensamos na nossa responsabilidade social e resolvemos abrir essa exceção”.

Amizade peculiar (e adorável!) entre cãozinho e foca viraliza nas redes sociais

Uma história de amizade pouco usual entre um cachorro e uma foca viralizou nas redes sociais no início deste mês. Stanley é um cão da...

Voluntários se vestem de super-heróis para levar força a crianças com câncer

Voluntários vestem fantasias e se transformam em super-heróis por um dia para alegrar e entreter as crianças do Centro Infantil Boldrini, em Campinas (SP), que...

Cientistas desenvolveram exame que detecta Alzheimer 10 anos dos sintomas

Não temos vacinas ou medidas preventivas, então você pode ter Alzheimer ou não. E nenhum exame que detecta Alzheimer havia sido desenvolvido antes. Mas e se...

Instagram