Menina de 11 anos escreve livros à mão para dar casa nova à família

Clique e ouça:

… Era uma vez a história de uma princesa, mas essa princesa não morava em um castelo, e sim numa casinha de taipa feita com barro e fios de bambu, cheia de rachaduras e infiltrações. Essa história não é um conto de fadas, mas está perto de ter um final feliz.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O nome dessa princesinha é Rita de Cássia. Ela mora numa terra distante, chamada Mata Redonda, na Zona Rural de Remígio (PB). A casa onde a sua família vive está em condições precárias.

Para mudar essa realidade, a menina de 11 anos está usando a imaginação. Rita decidiu escrever estórias em livros feitos à mão e vendê-los para conseguir dinheiro para reformar a casa. Porém, o enredo dessa história tomou um rumo que nem mesmo a jovem escritora com toda a sua imaginação um dia sonhou.

“Ela sempre escrevia. Aí depois que ela viu a situação da gente, ela resolveu que queria ajudar, chorava porque queria ajudar. Eu falei pra ela que ela era criança e que tinha que estudar para só depois ajudar a mãe. Ela escreveu os livrinhos e queria vender com a irmã, mas eu proibi porque elas são crianças”, relata Jacimeri Carvalho.

Livros escritos por menina que vende estórias infantis para reformar casa da família
Rita começou a escrever os livros para vendê-los e depois usar o dinheiro para reformar a sua casa. Foto: Arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Livros de menina que escreve para construir casa
Foto: Arquivo pessoal

As meninas ficaram tristes e a mãe decidiu gravar um vídeo com elas falando sobre a ideia para postar nas redes sociais. “Ela também queria fazer frases de autoajuda e sair vendendo por aqui e eu não deixei. Aí eu disse ‘então, tá! Vamos fazer um vídeo e botar no face com você oferecendo seus livrinhos’. Mas era só pra acalmar o coração dela”, disse Jacimeri.

Leia também: Com vaquinha do Razões, gari consegue reformar casa de idoso que vivia em condições desumanas

Mal sabia a mãe que o vídeo iria amolecer os corações de muita gente. Vê só se não dá um apertinho no fundo do peito: 🥺

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) em

Voluntários se comoveram com vídeo e estão construindo a casa nova

Os livretos nem chegaram a ser vendidos, mas o relato comovente de Rita já deu resultado! Depois do vídeo, várias pessoas se ofereceram para ajudar na construção de uma nova casa para a família. Alguns doaram telhas, outros tijolos, outros cimento, outros cerâmica e alguns doaram o próprio trabalho para levantar o lar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E você pode fazer parte dessa corrente do bem, contribuindo com a vaquinha na VOAA, clique aqui e apoie.

Construção da nova casa da menina que escreve livros
Foto: Arquivo pessoal

A construção ainda está no começo, na parte do alicerce e deve ficar pronta em 60 dias. A antiga casa tem cinco cômodos, está cheia de umidade, infiltrações, a madeira está podre e o risco de cair é eminente. Por causa disso, enquanto durar a construção da nova residência, a família está abrigada na casa de uma prima de Jacimeri.

Menina vive em casa em condições precárias e escreve livros para vender e reformá-la
Foto: Arquivo pessoal

Rita já escreveu mais de 80 estórias infantis e também já recebeu mais de 50 encomendas dos livretos, que vão ser vendidos a R$ 5. Para confeccionar os livrinhos, ela usa folhas de papel que ganhou de colegas. A jovem escritora também faz as ilustrações.

Me emociono muito. Ela sempre foi assim, uma menina muito amorosa e compreensiva. Ela é tudo na minha vida. Ela é o amor em forma de gente. Tem um coração de ouro. Os sonhos dela são infinitos”, disse a mãe.

Menina que escreve livros para reformar casa da família ganha material de construção
Foto: Arquivo pessoal

Rita sonha em ser atriz, bailarina e produtora de filmes e musicais

A realidade de Rita de Cássia e sua família é bem difícil. A renda mensal da família é de R$ 600, parte de um benefício social e parte da pensão paga pelo pai de Rita. Ajude a construir uma casa nova para a família da Rita, clique aqui e apoie.

Mas essas dificuldades não a impedem de sonhar.

A menina quer ser atriz, bailarina e produtora de filmes e musicais. Um dos seus livrinhos é o “Gentileza a Gentileza”, sobre o qual ela explica: “É um livro que ensina a seu filho ou sua filha a repassar uma gentileza. Assim o mundo vai ter crianças que ajudam ao próximo e que fazem os outros ajudarem aos outros”.

Menina aprecia livros que escreve para dar casa nova à família
Foto: Arquivo pessoal

Você já faz um bem danado para esse mundo, Rita!  🥰

Vamos juntos construir uma casa nova para a Rita e sua família? Ela merece, gente! Clique aqui e contribua.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Menina de 11 anos escreve livros à mão para dar casa nova à família 1

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,051,455FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
17,379SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Homem com deficiência humilhado por atraso de salgados se surpreende com apoio: “o telefone não para”

Coisa mais linda essa corrente de solidariedade, o Rafael tá sem acreditar! Rafael foi humilhado por um cliente que não aceitou o atraso da sua...

Cãozinho é reprovado em treinamentos da polícia por ser ‘dócil demais’

E essa carinha de: "Alguém brinca comigo, por favor!"?

Homem cria “restaurante” 24 horas para alimentar cachorros de rua

João Araújo mora em Palmas, no Tocantins e é gerente de uma loja de peças para motos. Ele sempre se preocupou com os cachorros de rua da...

“Eu quito!”, diz Tatá Werneck para seguidora que desabafou sobre dívidas na pandemia

A Tatá Weneck se ofereceu para pagar as dívidas de uma seguidora depois que ela postou um meme no seu Instagram. O meme é uma...

Jovem ‘zombada’ por vender sacos de lixo para ajudar a mãe não abaixa a cabeça

A estudante de enfermagem Clara Soares, 18 anos, vende sacos de lixo e panos de chão em Ceilândia (DF) para ajudar a mãe. Enquanto batia...

Instagram

Menina de 11 anos escreve livros à mão para dar casa nova à família 14