Menina de 2 anos surpreende garis com presentes de Natal e vídeo viraliza

O vídeo de uma menininha de 2 anos dando presentes de Natal aos garis que fazem a coleta da sua rua toda semana, no bairro Pilares, Rio de Janeiro, viralizou nas redes sociais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Nas imagens, a pequena Anna Júlia é vista na porta de casa com um presente nas mãos. Seus pais chamam os garis, que surpresos, agradecem a menina. “Caramba! Obrigado, bebê!”, diz um deles.

“Pega o outro”, diz a mãe. Ela vai até a sala, pega mais um presente e entrega para outro gari. “Falta o motorista!”, e lá vai Anna, toda serelepe, entregar para ele, dentro do caminhão.

Confira abaixo:

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ver essa foto no Instagram

 

“No clima natalino compartilhamos o vídeo que alegrou nosso coração. 🧡 ✨ A Anna Júlia, de apenas dois aninhos, decidiu fazer o Natal dos nossos garis mais feliz! 😍 A pequena presenteou os seus amigos, nossos garis que realizam a coleta domiciliar da sua rua, no bairro de Pilares. Confira o vídeo e se emocione com a gente!” ⠀ Via Comlurb – Companhia Municipal de Limpeza Urbana da Cidade do Rio de Janeiro

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) em

O vídeo foi originalmente compartilhado na página da Companhia Municipal de Limpeza Urbana da Cidade do Rio de Janeiro (Comlurb) no Facebook.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

menina presenteia garis natal rj

Em uma semana, já foi assistido mais de 2,5 milhões de vezes!

menina presenteia garis natal rj

A seção de comentários do post chamou a atenção pelos relatos pessoais de diversos internautas que trabalham ou já trabalharam como garis.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Só quem viveu isso, sabe a sensação que traz. Não pelos presentes, mas o gesto em si. Gari que é gari já passou por isso, pelo menos uma vez! Nunca esquecerei quando foi comigo“, disse o usuário Luiz Henrique.

Leia também: Menino de 2 anos fã de garis ajuda a recolher o lixo da rua de sua casa todos os dias

“Realmente a gente não esquece! Trabalhei como gari aqui em Belo Horizonte por 15 anos e a cada ano, vi esse lindo gesto em forma de agradecimento, carinho e respeito por cada um! O tempo passa, hoje sou técnico em enfermagem, mas se preciso for, vivo isso tudo de novo!”, complementou o usuário Ednei Gomes.

“Tenho muito mais orgulho do nosso trabalho quando a gente vê no olho das crianças o sentimento verdadeiro não pelo presente mais pelo carinho que elas tem com a gente. Amo minha profissão. Orgulho de ser gari!”, afirmou o usuário Clayton França.

menina presenteia garis natal rj

Alguns internautas que são pais e mães também compartilharam histórias de seus filhos com garis.

“Ontem meu filho também entregou 4 cestas para os garis! Ele ficou tão feliz, que nem olhava para a câmera direto!”, disse Ana Paula Urbano, compartilhando uma foto na postagem.

menina presenteia garis natal rj

Leia tambémGari que faz biomedicina recebe apoio após sofrer preconceito: ‘Orgulho da minha profissão’

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fotos: Reprodução/Instagram e Facebook

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,499,046SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Homem entra em carro em chamas, arrisca vida e salva motorista desacordado [VÍDEO]

Da série: nem todo herói usa capa! Um homem arriscou a própria vida para salvar um desconhecido preso dentro de um carro em chamas....

Homem paga passagem para morador de rua voltar pra casa em Salvador

Quantas vezes passamos por moradores de rua, e não sabemos a história deles? Alguns podem os chamar de vagabundos, que não querem trabalhar, mas...

Pai refugiado que vendia canetas na rua agora tem três empresas e emprega outros refugiados

Abdul Halim al-Attar, um refugiado da Síria que foi fotografado vendendo canetas nas ruas de Beirute, agora é dono de três empresas na cidade após uma campanha de crowdfunding on-line em seu nome que arecadou US$ 191.000.

Idosos casados há 82 anos adoecem juntos e pedem para ficar internados no mesmo quarto em hospital do DF

Sebastiana Matos tem 101 anos e é casada com Francisco de Alencar, de 102, há "apenas" 82 anos. Uma vida inteira passada um na...

Quarentena: Pai e filha se fantasiam para levar o lixo e viram a sensação do bairro

Pai e filha encontraram uma maneira super divertida para quebrar a monotonia da quarentena no último fim de semana. Jaime Coronel, de 34 anos, e...

Instagram