Mesmo sem ter as duas mãos, menina vence concurso de caligrafia nos EUA

Clique e ouça:

Mesmo sem ter as duas mãos, a menina Anaya Ellick venceu um concurso de caligrafia cursiva nos Estados Unidos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O fato de ser diferente não a impediu de aprender a escrever e ganhar o concurso anual ‘Nicholas Maxim para Excelência em Caligrafia Cursiva’, contra 50 estudantes de várias escolas americanas. Por sinal, a competição leva o nome de um estudante que também não tinha as mãos e utilizava o braço para escrever, como a garota de 9 anos.

Junto com o certificado de proficiência e um troféu, ela ganhou 1 mil dólares (aproximadamente 3,5 mil reais). Anaya venceu o concurso pela segunda vez: a primeira foi quando ela estava no 1º ano, em 2016. 

Anaya segura o lápis com o braço direito e usa o esquerdo para firmar a folha sobre a mesa, com o cotovelo:

menina sem mãos vence concurso caligrafia
Girl Power!!! 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A estudante cursa o terceiro ano do ensino fundamental, na cidade de Chesapeake, na Virgínia. Com esforço e dedicação, mais uma vez, ela impressionou os jurados do concurso com uma letra belíssima.

Considerada pela professora Sarah Cannady um exemplo de superação para os colegas de turma, e agora para todos nós, Anaya arrebatou o concurso sob certa desconfiança, apesar de já ter vencido uma edição. 

Algumas pessoas acreditavam que as chances dela vencer a competição eram pequenas. Pois bem, Anaya provou que essas pessoas estavam erradas – não um pouco, mas bastante erradas – com a conquista de mais um troféu! 🏆 🏆

“Eu disse apenas que, sim’, eu poderia fazer isso”, disse Anaya, em entrevista para a WVEC-TV.

menina sem mãos vence concurso caligrafia
Anaya venceu o concurso de caligrafia pela segunda vez

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Chama a atenção o fato de que Anaya poderia usar próteses, não só para escrever, mas para outras atividades também.

A mãe da menina, Bianca Middleton, explicou a escolha da filha de não usar próteses. “Em vez de ajudá-la, atrapalhavam. Ela não queria usar e começou a aprender muitas coisas sem elas, como escrever e desenhar”, afirmou.

O colégio Greenbrier Christian Academy, onde Anaya estuda, parabenizou o feito da garota na sua página do Facebook:

“O merecido primeiro lugar de Anaya nos lembra o que a determinação e o trabalho duro podem alcançar. Estamos bastante orgulhosos dela e de suas realizações. Parabéns Anaya por sua conquista, você inspira a todos!”, diz a publicação.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Confira a postagem na íntegra:

crédito das fotos: Greenbrier Christian Academy/Facebook/Reprodução

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,055,514FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
18,137SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Garoto recebe ajuda de gamer profissional e sugere vender latinhas para retribuir

Essa semana muita gente se emocionou com a história do garoto Guilherme, um menino humilde que gosta de jogar um game chamado Free Fire,...

Adolescente recusa oferta de R$ 46 milhões por site sobre Covid-19

O que você faz quando tem 17 anos? Pensa em estudar, curtir a balada, se divertir. Mas, não o Avi Schiffmann. Ele construiu um...

Mãe que anunciou faxina por R$ 20 para alimentar filhos comove internautas e recebe R$ 53 mil em doações

A jovem mãe Liliane está desempregada e as faxinas foi o meio que encontrou pra não faltar comida em casa.

Vizinhos compram todos os picolés de idoso e arrecadam R$ 300 mil para ele

Os vizinhos de um senhorzinho compraram todos os seus picolés para que o idoso pudesse ir para casa e descansar. Esse ato de bondade vem...

Crianças do vídeo viral do abraço estrelam campanha para caridade

Maxwell Hanson e Finnegan McKenna são dois garotinhos que ganharam nossos corações em 2019. Agora eles estrelam a campanha da marca Boys Meets Girl,...

Instagram

Mesmo sem ter as duas mãos, menina vence concurso de caligrafia nos EUA 13