Aos 9 anos, brasileira entra para sociedade de pessoas mais inteligentes do mundo

A Sociedade Mensa, nos Estados Unidos, é a mais antiga e respeitada sociedade e pessoas com nível elevado de Q.I. (Quociente de Inteligência). Agora, uma brasileira entrou para o grupo. E ela tem apenas 9 anos!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

menina de 9 anos entra para sociedade de inteligentes
Foto: arquivo pessoal

Vaquinha para jovem morador de periferia continuar com seu projeto de dar aulas de reforço para crianças. Faça a sua contribuição!

Laura Büchele deixou toda a família surpresa, ao receber o convite para a sociedade. A mãe dela, Bruna, conta que a filha sempre teve uma educação normal até os dois anos de idade. Os pais estimulavam o aprendizado através de livros infantis, jogos lúdicos e desenhos, como é comum para toda criança.

E foi a partir dessa idade que Laura começou a chamar a atenção da família. “Muitas pessoas que a conheciam já diziam que ela falava diferente, frases completas, verbos na conjugação certa, isso com dois anos de idade. Uma vez perguntei como estava a comida, ela falou: a comida não está boa, está adorável! Não sei de onde ela tirava essas palavras e as pessoas já a classificavam como inteligente”, conta a mãe.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

menina de 9 anos entra para sociedade de inteligentes
Foto: arquivo pessoal

A família mudou há 3 anos para os Estados Unidos e isso também causou surpresa nos pais e professores. Ao chegar na nova escola, Bruna não sentiu nenhuma dificuldade de adaptação, nem com o ensino e nem com o idioma.

Na escola, ela precisou repetir o primeiro ano porque chegamos já no fim do calendário escolar americano. Os professores alertaram que talvez ela precisasse repetir novamente, pelas dificuldades com o novo idioma. Mas em vez disso, fui informada que ela se saía muito bem nas aulas”, conta a mãe.

Ela falava coisas engraçadas. Parecia um adulto falando, pela forma como colocava, dizíamos que ela seria política, pelo jeito formal de falar. Mas no Brasil não procurei nada a respeito. Achávamos ela muito inteligente, mas jamais passou pela nossa cabeça o quão profundo isso seria”, acrescenta.

Teste de Q.I

E foi na escola, que Bruna recebeu a primeira indicação para um teste de Q.I em Laura. A instituição tem uma sala especial para crianças com QI acima de 130. Então Laura fez o teste e foi avaliada com um quociente correspondente a 139.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Surpreendentemente, por ela ainda estar se adaptando a nova língua, o QI dela é 139. Então é muito recomendado que ela vá para essa sala especial, para que consiga ser desafiada, porque a professora disse que ela já está ficando ociosa em classe, por ser uma sala comum, a professora fica mandando ela ler livros”.

A mãe da garota explica que as avaliações de conhecimento são feitas duas vezes por ano e consistem em longas conversas com psicólogos, testes orais, além de teste de aptidão com brinquedos e no computador.

menina de 9 anos entra para sociedade de inteligentes
Foto: arquivo pessoal

Convite mais que especial

Em outubro do ano passado, Laura recebeu o convite da sociedade Mensa, o que deixou toda a família muito feliz.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A sociedade reúne adultos e crianças com inteligência acima da média. O objetivo é discutir temas diversos, que são importantes para a sociedade mundial.

Para entrar na Mensa, é necessário ter Q.I. superior a 130 e percentil acima de 99%. Laura alcançou 99,5% em seus testes. “O percentil significa que ela pontua melhor que 99,5% das crianças na idade dela. Essa é uma exigência para participar do Mensa e ela foi aprovada”, explica Bruna.

menina de 9 anos entra para sociedade de inteligentes
Foto: arquivo pessoal

Reuniões anuais

Os integrantes da Mensa se reúnem anualmente. Os encontros acontecem para que todos possam dividir suas experiências.

O mais legal do Mensa é que tanto para adultos ou crianças que participam, eles compartilham ferramentas. Todos ali acabam passando pelas mesmas dificuldades e se identificam. É como achar um grande grupo de amigos e você se sente à vontade para falar com eles, sem julgamentos por ser inteligente demais, por saber demais e poder falar olhando nos olhos. É um grande grupo de acolhimento. Nos encontros, as crianças debatem assuntos diversos, soluções para o planeta, tem crianças que levam artigos, desenhos é livre para que cada um exponha seu trabalho e defenda sua causa”, explica Bruna.

E eu acho que a gente ainda vai ouvir falar muito da Laura, hein? Parabéns pela sua conquista, garota!

Fonte: CNN

[Nota da Redação]

A Água Camelo é uma mochila que fornece água limpa para famílias de baixa renda! Com o apoio de Cielo, ampliará ainda mais esse impacto, olha só:

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM






Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,993,160SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Enfermeira que decidiu retribuir cuidados na infância é homenageada por Daniela Mercury, em show surpresa feito pelo Mercado Livre

Eram ainda primeiras semanas da pandemia quando a enfermeira Anaide perdeu um colega médico após o diagnóstico de Covid-19. Essa é sua memória mais...

Universidade do Japão desenvolve coquetel que reduz o Alzheimer em 30%

A Universidade de Kyoto - no Japão, depois de recente pesquisa com células-tronco, afirmou ter encontrado um coquetel que reduz as células Beta-amiloide, que...

Escola australiana ensina garotas a trocar pneus e verificar nível de óleo do carro

Aulas de habilidades essenciais para garotas. É dessa forma que a Stella Maris College, uma escola de Sydney, na Austrália, vem incentivando as adolescentes...

Na França, Projeto de Lei inédito promete reduzir lixo eletrônico aumentando o reparo de aparelhos velhos; entenda

A França deu um passo decisivo para a diminuição dos impactos causados pelo lixo eletrônico no meio ambiente. A Assembleia Nacional aprovou, no ano...

Instagram