Menina trans manda recado contra o preconceito: “Eu não sou doente e você não pode me mudar”

Muitas crianças não se sentem confortáveis com o gênero que nasceram, e a maioria delas tem dificuldades para processar esse desconforto, já que a sociedade não vê isso como “normal”, mas como uma doença, ou qualquer absurdo do tipo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No fundo, elas só querem crescer como toda criança: livres! Como revela a menina de 7 anos do vídeo abaixo: “Nós apenas queremos permissão para viver como nós somos, porque nós sabemos quem somos. Eu não sou doente e você não pode me mudar”.

genero

genero1

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

genero3

genero4

genero5

genero-interna

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,637,211SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Ônibus de SP terão adesivos para mulheres descerem fora do ponto

A SPTrans determinou o uso de adesivos indicando que mulheres e idosos podem escolher o local mais seguro para descer à noite.

Desde os 6 anos ela cultiva horta em casa para alimentar moradores de rua

Você provavelmente já viu alguém que cultiva horta em casa, mas geralmente para consumo próprio. Hailey Fort, 9 anos, é dessas crianças que são educadas...

Policiais fazem festinha de aniversário para menina pobre de Santos (SP) encontrada na rua chorando

Falar que todo policial militar no Brasil é incapaz de demonstrações de carinho é uma grande injustiça. O que dizer dos três policiais que...

Barbeiro encontra forma adorável de cortar o cabelo de menino autista

Jamie Lewis e Mason, filho de Denine Davies, foram diagnosticados com autismo. Há alguns meses ele estava tentando encontrar um barbeiro que poderia ajudar seu menino...

Professor coloca berço em seu escritório para acomodar bebê de estudante: ‘Feliz em poder ajudar’

A atitude empática de um professor universitário dos Estados Unidos para com uma aluna que se tornou mamãe conquistou as redes sociais recentemente. Troy Littleton...

Instagram