Menina vende limonada para combater exploração infantil, arrecada 300 mil reais e muda milhares de vidas

Veja como a gente não pode se conformar com as injustiças do mundo e precisa reagir pacificamente, com atitudes positivas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O exemplo vem de uma menina de 9 anos que abriu uma banca de limonada, e já levantou mais de 300 mil reais para livrar crianças do trabalho escravo.

impact_grande

Em Maio de 2012, a pequena Vivienne Harr, na época com apenas 8 anos, viu durante uma exposição, uma fotografia de dois rapazes escravos carregando pedras grandes. (foto acima).

Naquele dia ela descobriu a existência da exploração infantil e, sem conseguir ficar indiferente, a menina norte-americana decidiu agir: criou uma banca de limonada, onde inicialmente vendia por 2 euros, mas não fez tanto sucesso, então decidiu parar de cobrar, e deixou o preço livre para quanto a pessoa quisesse pagar “o que seu coração mandar” e anunciou o motivo de estar vendendo a limonada, para ajudar as crianças que trabalham em modo de escravidão. Tudo então mudou, na época ela  já angariou mais de 115 mil euros, cerca de 300 mil reais,  o valor de que necessitava para ajudar a libertar 500 escravos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com a ajuda da família, principalmente do pai, Eric Harr, que tem sido o seu braço direito, a jovem lançou o projeto “Make a Stand” para vender a sua limonada orgânica: “a Lemon-aid”e 5% do lucro da empresa vai para a Fundação Make a Stand, que atualmente tem parcerias com UNICEF, por exemplo. Seu pai pediu demissão do emprego e atualmente se dedica integralmente ao negócio social fundado pela filha, que em uma palestra disse: “Se a vida te der um limão, mude o mundo com ele!”

A empresa ainda usa produtos orgânicos, sem conservantes e todos os ingredientes estão explicitamente escritos nos rótulos, além da transparência total caso alguém precise de informações sobre como o dinheiro levantado será aplicado para a erradicação da escravidão infantil. Atualmente a empresa integra um grupo de empresas pioneiras que fazem parte do grupo B Corporation, uma certificação internacional que valida que a empresa tem em toda sua estrutura os cuidados com impacto social, ambiental e financeiro, aqui no Brasil uma das únicas que tem o selo é a Natura.

Menina vende limonada para combater exploração infantil, arrecada 300 mil reais e muda milhares de vidas 2

5-lemonade-lessons-from-10-year-old-entrepreneur-vivienne-harr 31c4cb41-d00c-4ee3-9b96-9a4e8e8df57f_lc 3086720d-cc47-4f30-8234-c4537454e41b

Recentemente foi feito um documentário falando sobre sua vida e trajetória no mundo dos negócios sociais, provando que cada vez mais essa nova geração não quer esperar mais nenhum segundo para mundo o mundo:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

[vimeo video_id=”81006438″ width=”750″ height=”450″ title=”Yes” byline=”Yes” portrait=”Yes” autoplay=”No” loop=”No” color=”00adef”]

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Casal gay adota adolescente que estava 6 anos na fila de adoção

O casal está junto há mais de dois anos e conta que sempre teve vontade de adotar, independente da idade.

Ex-catador de latinhas é aprovado em Harvard, vira professor e leva luz a escolas africanas

Por anos trabalhando como catador de latinhas em Juazeiro do Norte (CE), Ciswal Santos foi aprovado pela Universidade de Harvard, tornou-se professor e hoje...

Policial estaciona carro de patrulha e se junta à senhora que dançava sozinha

Não existe idade certa – muito menos lugar – para dançar! Ao avistar Millie Seiver, uma senhorinha de 92 anos, dançando sozinha no estacionamento de...

Gêmeos? Veja 20 fotos de pessoas que encontraram por acaso seus sósias

Já encontrou alguém que parecia muito fisicamente com você e não era nenhum parente, mesmo que distante? Eu já! Há alguns sites e aplicativos que fazem...

Professor cuida de bebê para que aluna possa fazer tarefas: ‘Meu menor aluno’

"Ser professor é, antes de tudo, gostar de gente. É se importar com a história de vida das crianças e olhar verdadeiramente nos olhos...

Instagram

Menina vende limonada para combater exploração infantil, arrecada 300 mil reais e muda milhares de vidas 4