Meninas fazem amizade em hospital e juntas vencem o câncer

As pequenas Avalynn, Chloe, Laure e McKinley são quatro amigas com idades entre 4 e 5 anos. Elas fizeram amizade enquanto eram submetidas a um tratamento contra o câncer no Hospital Johns Hopkins All Children, em St. Petersburg, na Flórida, EUA.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foram três longos anos de tratamento, e após tanto tempo lutando juntas pela vida, elas celebraram a remissão da doença com um divertido ensaio fotográfico realizado no mês passado.

Vestindo coloridos tutus e bandanas douradas, o quarteto em nada aparenta cansaço ou fadiga pelo duro processo de quimioterapia.

No ensaio, cada garota vestia uma camiseta que fazia referência a uma virtude na luta para derrotar a doença maligna: Surviver (sobrevivente), Brave (valente), Fearless (destemida) e Strong (forte).

Foto: Reprodução / Hospital John Hopkins

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Chloe foi diagnosticada com câncer de pulmão, algo incrivelmente raro em crianças. As demais foram diagnosticadas com leucemia linfoblástica aguda, o câncer infantil mais comum, e ao mesmo mais difícil de tratar, uma vez que ele atinge o sistema imunológico.

Leia tambémBares e restaurantes brasileiros começam a abrir espaço para a gastronomia sustentável

As meninas se conhecerem meio que por acaso no Hospital Infantil Johns Hopkins, na Flórida, em setembro de 2016, quando os médicos lhes presentearam com os tutus cor-de-rosa para, de alguma forma, melhorar seu estado de humor e promover alívio no estresse e na ansiedade. O presente foi dado no mês da conscientização sobre o câncer infantil.

Quando elas chegaram na salinha para receber os presentes, alguém aproveitou ao vê-las sentadas juntas e tirou uma foto. Três anos depois, elas voltaram para comemorar a remissão da doença e refizeram a foto.

Meninas fazem amizade em hospital e juntas vencem o câncer
Foto: Reprodução / Hospital John Hopkins

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Desta vez, a fotografia de 2019 foi tirada sem os lenços na cabeça, como faziam por causa da quimioterapia desde que se conheceram.

De acordo com a equipe médica responsável pelas meninas, elas “floresceram” ao recuperarem sua força. Ava, cujo nome completo é Avalynn, é um grande fã da Disney e uma verdadeira artista: adora pintar. Chloe adora T-ball e pescar. McKinley é uma garota dita ‘feminina’ e gosta de brincar de princesas e se maquiar. Lauren adora falar sobre animais.

O vínculo construído no hospital tornaram a amizade entre elas verdadeiramente única.

“Tem sido uma alegria absoluta vê-las crescer e vê-las fora do ambiente hospitalar, sendo as crianças que deveriam ter sido o tempo todo”. Isso nunca deveria ter acontecido com elas, relatou a mãe de uma das meninas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Saiba mais:

Leia também“Comecei lavando louça, agora sou auxiliar de cozinha no restaurante”: projeto abre portas para mercado de trabalho

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Crianças Especiais

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

Relacionados

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

995,550FãsCurtir
1,910,079SeguidoresSeguir
9,306SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Idosa de 87 anos confecciona máscaras de proteção para distribuir gratuitamente no MA

Sem conseguir encontrar máscaras de proteção, a professora, bióloga e engenheira civil Renatha Costa uniu forças com sua avó, dona Bernarda, 87 anos, para...

Magazine Luiza doa 1.000 colchões e travesseiros para moradores de rua em Belém (PA)

Desde o último sábado (21), o Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, passou a receber centenas de pessoas em situação de rua da Região Metropolitana...

Após ver família comendo restos do lixo, homem abre restaurante para servir pessoas carentes

O dono de um restaurante em Vila Velha (ES) abriu seu estabelecimento para atender gratuitamente pessoas em situação de rua durante a pandemia de...

Angelina Jolie doa R$ 5 milhões para manter merenda de alunos durante quarentena

A atriz Angelina Jolie, 44 anos, doou US$ 1 milhão (R$ 5,2 milhões) para manter a distribuição de merendas escolares para crianças de baixa...

Coronavírus ‘sela paz’ entre palestinos e israelenses: saúde é prioridade máxima!

Há anos o mundo não via um encontro pacífico entre palestinos e israelenses. A Autoridade Palestina e Israel sentaram na mesma mesa para firmar...

Instagram