Meninas organizam coletivos feministas em escolas de SP

Quem é da minha geração (nem sou tão velho assim!) ou de gerações anteriores dificilmente viu as colegas de escola discutirem temas como assédio sexual, bulling eletrônico ou a proibição de shorts no colégio.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Só fui ver mulheres falando sobre esses assuntos na universidade. Mas agora isso tem sido comum em algumas escolas públicas e privadas de São Paulo, como a ETEC Guaracy Silveira e os colégios Móbile e Nossa Senhora das Graças.

Não se tem estatísticas exatas sobre a presença do “feminismo” nas escolas, mas uma pesquisa da Fundação Perseu Abramo, de 2010, com mais de 2 mil mulheres adolescentes e adultas, mostrou que 40% das meninas entre 14 e 17 anos diziam ser feministas.

Para a antropóloga da UnB (Universidade de Brasília), Débora Diniz, o ambiente escolar leva as meninas a dar um nome para a sua resistência. “A menina se pergunta: por que não posso usar shorts como os meninos? Ou por que o meu cabelo importa tanto se os meninos podem usá-lo curto?”.

Leia toda a matéria no site da Folha de S. Paulo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,646,211SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pedreiro conserta telhados furados para famílias carentes de graça

Luciano Fabris, popularmente conhecido como "Luciano Cawboy", de 28 anos, é um pedreiro de Várzea Grande, no Mato Grosso, que repercutiu nas redes sociais...

Empresa lança linha de giz de cera com 12 cores de pele

É comum descrevermos sem pensar muito no significado, uma "cor de pele" relacionada a tons que vão do bege aos rosa. Mas, cor de...

Fabricante brasileira Movi Eletric inicia produção de carros elétricos no Paraná

Linha de montagem liberada! A empresa brasiliense Movi Eletric começará a montar seus primeiros carros elétricos em território nacional em um parque tecnológico inaugurado...

[VÍDEO] Idoso de 81 anos senta-se todos os dias em frente ao hospital para tocar acordeão para sua amada

Todos os dias, seu Stefano vai até o hospital Castel San Giovanni (Piacenza, Itália) onde a esposa, Carla, está internada. Como as visitas estão proibidas...

Conheça a pianista com carreira internacional que leva música clássica à periferia

Se talento definitivamente é o que não falta à pianista e concertista brasileira Juliana D'Agostini, podemos dizer o mesmo sobre seu esforço de querer...

Instagram