Adolescentes distribuem absorventes para mulheres em situação de rua

Alunas do colégio estadual Culto à Ciência decidiram mudar a realidade de dezenas de mulheres em situação de rua em Campinas (SP). Durante o período menstrual, sem absorventes, elas recorrem a métodos degradantes para conter o corrimento.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Muitas vezes elas utilizam roupas sujas, sacolas plásticas e até miolos de pão, o que pode favorecer o aparecimento de doenças e enfraquecer o sistema imunológico delas.

Cientes dessa realidade, as estudantes Larissa Silva Oliveira, 17 anos, Yandra Ribeiro dos Santos e Luana Barbosa Moreira, ambas de 16 anos, criaram o projeto Mulheres Invisíveis: o objetivo é distribuir gratuitamente absorventes para essas mulheres.

Adolescentes projeto distribui absorventes mulheres situação rua
Foto: Denny Cesare/Código19

Com a ajuda do colégio e das redes sociais, elas arrecadam absorventes e outros itens de higiene, como desodorantes, pastas e escovas de dente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Foi bem chocante a experiência, porque sempre vivi ao lado do viaduto Cury (no Centro) e via essas pessoas. Quando começamos a pesquisa, vimos qual era a cidadania delas. Na teoria, todos têm, mas algumas pessoas têm a cidadania tirada“, contou Larissa.

Adolescentes projeto distribui absorventes mulheres situação rua
Foto: Denny Cesare/Código19

As meninas fizeram amizade com uma liderança dessas mulheres. Com a ajuda dela, as jovens conseguiram compreender e se aproximar mais do seu universo, aprendendo como elas lidam com diversas questões sensíveis, para além da menstruação.

“O que mais me choca é o fato de que elas têm que se submeter a várias coisas como forma de subsistência. Muitas se prostituem para comprar comida, ou escolher entre comer ou comprar absorvente na farmácia”, disse Yandra.

“São histórias de abuso físico e sexual, e você vê que o maior motivo das mulheres estarem nas ruas é por abuso do companheiro. Muitas não têm família, amigos, falta apoio”, complementou Luana.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Adolescentes projeto distribui absorventes mulheres situação rua
Foto: Denny Cesare/Código19

Próximo passo

As adolescentes têm trabalhado para arrecadar mais absorventes e outros itens de higiene após a primeira etapa bem-sucedida de entrega, realizada no início do mês passado.

Com o apoio da comunidade, elas querem conscientizar mais pessoas sobre a urgência do assunto, e levar para a Câmara Municipal de Campinas um projeto de lei que torna obrigatória a distribuição de absorventes em centros de saúde.

Adolescentes projeto distribui absorventes mulheres situação rua

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Elas conversaram com pessoas que fazem atendimento, com a líder do projeto. E a ideia agora é o contato com outras moradoras de rua”, disse Aloísia Laura Moretto, professora que orientou o projeto das meninas.

Adolescentes projeto distribui absorventes mulheres situação rua

[Nota de Redação]

O seu Zezinho tem 68 anos e nunca foi à escola. Ele queria muito aprender o alfabeto e finalmente poder escrever o próprio nome. Gentil toda vida, uma professorinha de 9 anos começou a ensinar o vendedor de picolé a ler e escrever.

[Apoie o projeto que leva café da manhã e abraços para pessoas em situação de rua. Clique aqui e faça a sua doação.]

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: A Cidade On

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM







Adolescentes distribuem absorventes para mulheres em situação de rua 4

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,086,993SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Criança com Síndrome de Down recebe ajuda de ONG na Angola e emociona a todos ao usar óculos pela primeira vez

Alerta de lencinho! 😭❤️ Ângelo tem 6 anos, Síndrome de Down e vivia no Camizungo (África), mas pelo fato dele não viver com a mãe,...

Fotógrafo convida desconhecida que passava na rua chorando para ensaio e transforma o dia dela (BA)

Durante visita à Trancoso, na Bahia, o fotógrafo Brian Baldrati encontrou uma moça com o semblante meio triste andando na chuva, como se estivesse...

Pata que não consegue ficar de pé sozinha leva uma vida feliz graças ao amor da sua dona

A pata Lemon nasceu com um problema que a impede de ficar de pé sozinha. Mas graças ao amor da sua dona, Laura, hoje...

Cuba é o 1º país a erradicar casos de transmissão de HIV de mães para filhos

Cuba foi reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como o primeiro país a eliminar a transmissão do HIV de mãe para filho, além...

Instagram

Adolescentes distribuem absorventes para mulheres em situação de rua 5