Pequeno herói de 8 anos salva irmã caçula de afogamento nos EUA

Tino está sendo chamado de herói após salvar a irmã de apenas 18 meses de um afogamento na piscina de casa, na Califórnia (EUA). Ele notou a ausência de Cami e, quando foi procurar, viu que ela havia caído na água. De imediato, o menino gritou por socorro.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em entrevista à rede de televisão CBS KOVR, Tino contou que estava brincando em casa com a sua irmã quando percebeu que estava tudo muito quieto. “Eu olhei para a piscina e então vi a Cami lá dentro. Eu gritei: ‘Mãe!'”.

Quando ouviu o chamado do filho, Diana correu para a área externa da casa e viu Cami na piscina. Imediatamente, a mãe, que também é enfermeira, pulou na água e retirou a criança, que estava inconsciente. Em seguida, Diana iniciou uma RCP (reanimação cardiorrespiratória) até que a menina colocasse pra fora a água que havia engolido e voltasse a respirar.

Tino salvou Cami de afogamento em casa
Tino chamou sua mãe e ligou para a emergência quando viu sua irmã mais nova se afogar. Foto: (Reprodução/FOX 19)

“[Cami] não conseguia mover seus músculos. Ela não conseguia mover nada, nem mesmo os olhos”, conta Tino, que imediatamente após gritar pela mãe correu para casa e chamou o resgate.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Mesmo com buscas encerradas, família não desiste e encontra piloto vivo após 36 dias

De acordo com Diana, a calma do filho mais velho foi impressionante. “[Tino] ligou para o 911 (número de emergência americano), deu nosso endereço e disse para virem eles imediatamente. É uma espécie de ‘borrão’ para mim porque parecia que o momento era eterno. Mas durou apenas alguns minutos”.

Apesar de ter sido o responsável por alertar a mãe, Tino dividiu às glórias com toda a família, até mesmo com com Cami. “Basicamente, Cami me deu o poder dela e foi assim que eu tive o poder de gritar. E então mamãe veio e saltou para tirar Cami. Achei que [minha mãe] foi corajosa por ter entrado para salvar a filha”, concluiu o pequeno herói.

Eles colocaram a cerca ao redor da piscina em poucos dias, mas Diana espera que isso envie uma mensagem a todos para aprenderem a reanimação cardiorrespiratória.

Gostou desta história do Tino e da Cami? Dê um play para conhecer está família aqui!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,436SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Criança refugiada que pediu comida a policiais, recebe R$ 30 mil de vaquinha para ajudar a família

O Edwin comoveu muita gente na última semana. Um vídeo dele conversando com policiais, em Manaus (AM), foi de partir o coração. Mas como a...

Senhora dá café da manhã na porta de hospital que trata pessoas com câncer

Dona Railda é aquele tipo de pessoa que encontra forças para ajudar as pessoas quando ela mesma precisa de ajuda.

Projeto de Rexona incentiva jovens a quebrarem barreiras através do movimento

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, 80% da população jovem do mundo se movimenta pouco, abaixo do considerado ideal. Em paralelo, um...

Gêmeos fotógrafos separados ao nascer se reencontram no dia do aniversário de 23 anos (CE)

A história de Gabriel e Thomaz começa em 1997. A mãe dos dois, Liduina, não tinha condições financeiras de manter os filhos e resolveu...

Aos 104 anos, vovô colombiano termina tese de doutorado com pesquisa que desenvolve há 3 décadas

Quanta dedicação e vivacidade há no Lucio Chiquito, gente! Aos 104 anos e completamente lúcido, esse idoso acabou de enviar a sua tese de...

Instagram

Pequeno herói de 8 anos salva irmã caçula de afogamento nos EUA 2