Menino de 9 anos cria jogo que incentiva o plantio de árvores e o fim do desmatamento

A preservação do meio ambiente e a luta pelo reflorestamento de áreas desmatadas, conceitos cada vez mais urgentes em tempos de mudanças climáticas e aquecimento global, foram abraçados por um garotinho de 9 anos, responsável por criar um game que incentiva o reflorestamento.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ivan Neves, de 9 anos, é aluno da codeBuddy, uma escola de tecnologia especializada em programação, segurança digital e robóticas para crianças e jovens de 7 a 16 anos.

Com o conhecimento adquirido no curso, o menino desenvolveu um jogo no qual o player planta árvores virtuais, ao passo que também pode contribuir para a plantação de árvores na vida real.

De acordo com o jornal ‘The Guardian’, o diferencial do projeto é envolver diretamente as empresas, grandes responsáveis pelos gases tóxicos liberados na atmosfera nas últimas quatro décadas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dos anos 80 pra cá, mais de 480 bilhões de toneladas de dióxido de carbono e de metano liberadas na atmosfera. “No meu projeto, a cada dez árvores virtuais plantadas, uma vai ser plantada na vida real. Ela será plantada pelos anunciantes do game toda vez que algum usuário vencer. As empresas vão poder participar colocando os anúncios delas dentro do jogo, o que vai ajudar todo mundo na vida real também”, explicou Ivan.

Segundo o menino, o game foi criado porque ele quer “ajudar o planeta”. 🥺

“Uma árvore é a forma mais eficiente de salvar a natureza. Ela diminui o ruído, purifica o ar, é um abrigo para vários animais. Dessa forma todo mundo pode ajudar o planeta, e qualquer pessoa pode jogar, porque o jogo é simples e para todas as idades”, completou ele, que é de Minas Gerais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em tempos de desmatamento recorde, a iniciativa de Ivan veio na hora certa. Além disso, é vital que as crianças, – isto é, a próxima geração, – se preocupem com o meio ambiente e tenham em mente o conceito de sustentabilidade.

Aliando esses temas com a programação, a escola codeBuddy estimula crianças e jovens a participarem ativamente na sociedade e em questões sociais importantes. Por fim, o estudo da disciplina também ajuda no desenvolvimento neurológico e a melhora do rendimento escolar dos estudantes.

Assista ao vivo os ganhadores do Prêmio Razões para Acreditar, dia 07/12 às 18h! Ative as notificações clicando aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Terra
Fotos: codeBuddy

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM







Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,956,757SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Noiva narra o próprio casamento em língua de sinais para incluir amigos surdos, em MG

A cerimônia de casamento de Kéziah Costa, de 27 anos, e Luan Wagner, de 21, foi totalmente celebrada em Libras (Língua Brasileira de Sinais...

Menino adorável de 2 anos reaprende a andar com uma prótese na perna

Senhoras e senhores, conheçam Kayden Elijah Kinckle. Ele é um guerreiro de 2 anos de idade, que nasceu com uma rara chamda Onfalocelo, que fez seus...

Menino de 12 anos vence leucemia e hoje se dedica a alimentar pessoas em situação de rua

A vida de Abraham Olagbegi é um milagre por si só. Com apenas 12 anos de idade, o menino precisou lutar com todas as...

Médico que cantou para 8 mil bebês após o parto recebe homenagem

O médico Carey Andrey Jaja é um experiente e querido profissional do Hospital Magee-Womens, mantido pela Universidade de Pittsburgh, nos EUA. Ao longo dos seus 40 anos...

Cão não larga dono doente transportado em ambulância: “Um ato de amor”

Animal quando escolhe alguém para amar, essa pessoa pode se considerar uma sortuda! Na pequena freguesia de Cête, em Portugal, os bombeiros da cidade...

Instagram