Menino vê colega autista chorando no primeiro dia de aula e segura sua mão para acalmá-lo

Era o primeiro dia de aula para Connor, 8 anos, em sua nova escola, em Wichita, Kansas (EUA). Pra qualquer criança dessa idade, o primeiro dia de aula traz insegurança e até medo. Mas para Connor, que é autista, seria ainda mais difícil.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Felizmente, o garoto conheceria naquela manhã Christian, também de 8 anos, seu coleguinha de sala que estendeu a mão para acalmá-lo em meio a todo aquele barulho.

Connor estava visivelmente perturbado e chorava sozinho. Ao vê-lo tão ansioso, Christian se aproximou e deu a mão para reconfortar e acalmar Connor.

Tratamento para rapaz autista que precisa ficar amarrado

Tocada pela atitude do filho, Courtney Moore, mãe de Christian, decidiu fotografar e publicar o momento nas redes sociais. Desde então, a foto já foi compartilhada mais de 4 mil vezes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Menino vê colega autista chorando no primeiro dia de aula e segura sua mão para acalmá-lo

“Eu estou tão orgulhosa do meu filho, ele viu uma criança num canto chorando, e foi consolá-lo, pegou na mão dele e levou-o para dentro da escola! É uma honra criar uma criança tão amorosa! É um menino com um coração grande”, escreveu no Facebook.

Leia também: 

Christian não sabia que Connor era autista

Até então, Christian e sua mãe não sabiam que o colega era autista.

Quando o post viralizou, eles acabaram descobrindo graças a um comentário deixado pela mãe de Connor.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Diga ao seu filho que eu disse muito obrigado! O menino que ele ajudou é meu filho, e ele é autista, preocupo-me todos os dias se ele vai ser intimidado ou não. O seu filho aqueceu o meu coração”, escreveu April Crites.

Menino vê colega autista chorando no primeiro dia de aula e segura sua mão para acalmá-lo

April encontrou o post com a ajuda de outras mães de alunos da escola que ficaram sabendo do caso. Em seu comentário, ela explicou por que o gesto era tão importante para ela.

“Agradeço ao seu filho pelo gesto de amor e gentileza. Connor sempre receou ser vítima de bullying quando fosse para a escola, por ser diferente”, escreveu a mãe, acrescentando que “se houvesse mais meninos como o Christian, não teria que me preocupar”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em resposta, Courtney disse esperar que os dois possam vir a ser “melhores amigos”.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: LAD Bible/Fotos: Reprodução

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,777,821SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Escola para mulheres transgêneros na Indonésia quebra padrões religiosos

Conhecidas na Indonésia como waria (uma combinação das palavras “homem” e “mulher” no idioma local), as mulheres trans têm muitas dificuldades para praticar sua...

Ação realizada na Argentina ajudou a divulgar crianças desaparecidas com QR codes

A Bandera Blanca Missing Children, organização responsável pela divulgação e busca de crianças desaparecidas na Argentina, lançou uma campanha bem interessante criada pela Almacén de Buenos Aires....

Movimento em Sorocaba (SP) estimula a cultura da doação durante o ano inteiro

Movimento Doa Sorocaba estimula a cultura da doação durante o ano todo.

Cachorra dá à luz oito filhotes em terminal de aeroporto dos EUA

A labradora Ellie entrou em trabalho de parto no Aeroporto Internacional de Tampa, na Flórida (EUA).

Pai viraliza ao dançar em vídeo da filha sem saber que era trabalho da escola

Um pai de Oregon (EUA) viralizou essa semana depois de uma situação super engraçada dele com a filha, Delaney. A garotinha gravava um vídeo para...

Instagram