Gratidão: menino com câncer vende pinturas para ajudar hospitais que cuidaram dele

O pequeno Aedon, 9 anos, luta contra um câncer raro nos ossos. O tratamento foi interrompido por causa da pandemia. Mas nada de lamentar, sua preocupação agora é outra!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Como não pode viajar para se cuidar, já que o centro médico onde faz tratamento fica fora das Filipinas, Aedon decidiu que vai usar o tempo ocioso dentro de casa para retribuir os cuidados de médicos e enfermeiros responsáveis por ele chegar até aqui.

menino câncer sentado cadeira rodas hospital
Foto: Reprodução/Instagram @aedanpio

As pinturas de Aedon fazem enorme sucesso entre seus seguidores no Instagram. Ele resolveu vendê-las e doar toda a renda para os hospitais que o atenderam quando foi diagnosticado com um tumor maligno chamado cordoma.

menino pintando quadro sentado chão
Foto: Reprodução/Instagram @aedanpio

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Aedon é mais uma prova de que não precisamos estar nos nossos melhores dias – no seu caso, uma batalha de cinco anos! – para ajudar o próximo.

menino sentado sofá segurando quadro
Foto: Reprodução/Instagram @aedanpio

O menino teve o tratamento interrompido, mas ao invés de ficar pensando nos passos que deixou de dar, se preocupa com quem o ajudou a dar os primeiros passos.

 

Ver essa foto no Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por Aedan Pio (@aedanpio) em

Vaquinha para Pedrinho, menino que tem doença rara e sem cura. Clique aqui e contribua.

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Aedan Pio (@aedanpio) em

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Aedan Pio (@aedanpio) em

Sua decisão é com certeza um exemplo de gratidão – a mais genuína e incontestável possível – que temos para nos inspirar todos os dias! Nos bons, mas principalmente nos ruins.

Relembre a história do menino que venceu o câncer e virou médico para cuidar de crianças que lutam sua própria batalha contra a doença.

Fonte: UPSOCIAL

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,638,607SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Vaquinha para tia que adotou seis sobrinhos abandonados arrecada 46 mil reais

A história da Claudineia Santos, 34 anos, mexeu com todos nós! Ela é tia de seis crianças que foram abandonadas pelos seus pais. Para...

Ambev seleciona 50 ONGs para programa de mentoria em gestão

O programa VOA está com inscrições abertas até 21/02; inscreva-se.

Garoto de 11 anos dá exemplo ao escrever carta para o primeiro-ministro australiano após vetar Casamento Gay

A carta já começa desta forma: “Meu nome é Orlando Burcham, tenho 11 anos e eu gostaria de saber por que você não permitiu...

Leitãozinho aprende a andar com “cadeira-de-rodas”

Já mostramos aqui no Razões, uma cadelinha que voltou a andar graças a uma engenhoca feita por uma pessoa boa de coração, (não viu?...

Cadela que teve roupinha do corpo roubada por homem ganha outra de médica veterinária

Na sexta-feira passada (2), uma cadela foi vítima de um furto no portão de sua própria casa, em Sorocaba, no interior paulista. Enquanto ela alegremente...

Instagram