Menino de 4 anos convence mãe a adotar morador de rua: ‘Chama ele de vovô’

Um menino de 4 anos convenceu sua mãe a adotar um morador em situação de rua que ele carinhosamente apelidou de “vovô”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Na época, em outubro de 2017, Ticiano lutava contra um câncer. Certo dia, no caminho para a escola, o menino e sua mãe encontraram um homem deitado na calçada e acabaram fazendo amizade com ele. A família mora na província de Entre Ríos, na Argentina.

“Era uma manhã fria, a caminho da escola, fomos comprar biscoitos que ‘Tizi’ lanchava todos os dias e vimos Tano. Tizi imediatamente disse: ‘Vamos comprar algo pro vovô’. Compramos biscoitos e um sanduíche. O pequeno olhou para ele e perguntou: ‘Você está feliz, vovô?’. Grato, Tano respondeu: ‘Sim, filho’”, relata Florencia, mãe de Ticiano.

Menino de 4 anos convence mãe a adotar morador de rua
Foto: Reprodução

Tizi e a garotinha aniversariante que deu uma fatia de bolo para seu amigo sem-teto poderiam ser amigos!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Tano contou que o frio estava se aproximando e que ele precisava de casacos novos. Se possível, um par de sapatos também, pois o que tinha, bastante apertados, lhe causava fortes dores.

No dia seguinte, após passarem em uma loja, mãe e filho foram até o homem para entregar o que ele precisava. Entretanto, ele não estava mais lá.

Após duas semanas de procura, Florencia conseguiu encontrá-lo em um albergue da cidade. Sensibilizada por Tizi, que muito pediu para ‘adotar’ o ‘vovô’ Tano, ela decidiu levá-lo para casa.

Menino de 4 anos convence mãe a adotar morador de rua
Foto: Reprodução

Naquele mesmo dia, o idoso recebeu um banho quente, comida e um quarto todo mobiliado em seu novo lar. Desde então, eles moram juntos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em entrevista ao jornal Todo Noticias, Tano relatou sua triste história de vida. Anos atrás, sua filha o despejou de sua própria casa e o deixou na rua, influenciada por um ‘homem mau’, como ele descreve, que não queria o idoso por perto.

Menino de 4 anos convence mãe a adotar morador de rua
Foto: Reprodução

Hoje, felizmente, ele se sente “muito feliz e agradecido” por uma criança ter enxergado bondade nele, e mais do que isso, que tenha amolecido o coração de seus familiares para acolhê-lo.

Emocione-se com a história de uma mulher de 30 anos que adotou uma idosa de 67 anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Menino de 4 anos convence mãe a adotar morador de rua
Foto: Reprodução

Menino de 4 anos convence mãe a adotar morador de rua
Foto: Reprodução

Tizi, agora com sete anos e em fase de remissão do câncer que tinha quando mais novo, ganhou um amigo, um ‘vovô’, que o leva para a escola todos os dias e brinca com ele em casa quando a mãe está no trabalho. 😍

Conheça mais a história:

[Nota de Redação]

O seu Zezinho tem 68 anos e nunca foi à escola. Ele queria muito aprender o alfabeto e finalmente poder escrever o próprio nome. Gentil toda vida, uma professorinha de 9 anos começou a ensinar o vendedor de picolé a ler e escrever.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Portal Raízes

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,835,148SeguidoresSeguir
24,755SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem com câncer terminal e poucas semanas de vida casa com namorada de infância

O que você faria se soubesse que o amor da sua vida, que está com câncer em estágio terminal, tem pouco tempo de vida?...

Menina de 8 anos repreende mudança do nome da Cmei Arco-Íris

A menina Maria Luíza Meneghon foi à Câmara de Vereadores de Palmas e repreendeu o projeto de lei do vereador Filipe Martins.

Prefeito eleito proíbe a comemoração com fogos de artifício pra não incomodar cães e idosos

Eleito com 83,5% dos votos do eleitorado, o novo prefeito de Guarulhos, na Grande São Paulo, Guti, optou por não usar carros de som nem fogos de artifício na sua campanha para não incomodar idosos, crianças e animais.

Itália e Espanha reduzem número de infectados e de vítimas fatais do coronavírus

As medidas de isolamento social impostas pelos governos da Itália e da Espanha no combate ao novo coronavírus têm surtido efeito após dias de...

Chinesa sem diploma médico ganha Nobel de Medicina 2015

A chinesa Tu Youyou, de 84 anos, fez história ao ser a primeira mulher da China a ganhar um Prêmio Nobel. Sem ter diploma...

Instagram

Menino de 4 anos convence mãe a adotar morador de rua: 'Chama ele de vovô' 3