Menino de 12 anos que não tinha energia em casa cria pilha de longa duração com materiais reciclados

Um menino de 12 anos de Bengo, na Angola, criou uma pilha de longa duração usando apenas materiais reciclados (e muita criatividade!) que pode ser usada para alimentar diversos aparelhos de sua casa, que não tem energia elétrica.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Roberto Mukeba contou em entrevista à TPA (Televisão Pública de Angola) que estava cansado da falta de energia e queria muito ouvir música. Para tornar isso possível, ele abraçou o mundo da ciência e da tecnologia, que ele adora desde que tinha 8 anos de idade.

Descobri a habilidade de inventar em 2016 quando frequentava a 4º série, onde eu fiz o meu primeiro projeto, que foi uma central elétrica de energia permanente”, contou o jovem à TPA.

A pilha

Segundo Roberto, o funcionamento da pilha acontece a partir de reações dentro de um tubo de canalização.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Arranjei um tubo e cortei por cerca de dez centímetros e em seu interior fiz uma composição química. Após o processo, reciclei uma pilha normal retirando as extremidades dos lados positivos e negativo, [e dei] uma corrente elétrica durável graças aos elementos químicos”, explicou.

Além da invenção da pilha de longa duração, o menino, considerado um “pequeno cientista” muito admirado pela família e pelos vizinhos, tem outras criações em sua galeria – muitas delas inspiradas na música.

“Houve um momento em que não havia aparelho musical na casa dele e ele inventou um método alternativo à base de uma caixa sob um microfone. Nos impressionou bastante e tivemos aquela curiosidade para saber como aquilo funcionava”, contou uma vizinha do adolescente.

Menino prodígio

Roberto nem terminou o ensino fundamental, mas já carrega consigo diversos prêmios de campeonatos e feiras de ciência.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No ano passado, por exemplo, ele ficou em 1º lugar em sua província no concurso da Feira do Inventor e Criador Angolano, valendo como prêmio uma bolsa de estudos na Alemanha!

Enquanto o ensino superior não chega, Roberto tem buscado aperfeiçoar as suas habilidades e talentos para contribuir futuramente no desenvolvimento de seu país.

Haja ousadia e criatividade! Você vai longe, Roberto! ✨

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Confira a reportagem abaixo:

Junto à Stone, viajamos o Brasil para mostrar negócios que muita gente acha que não daria certo na nossa terrinha – e dão! Veja o 1º EP da websérie E se fosse no Brasil?

Fonte: Pais & Filhos
Fotos: Reprodução / YouTube

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,827,226SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Mulher se separa e ganha “festa do divórcio” das melhores amigas!

Quem tem amigos tem tudo! Uma das frases mais certeiras da vida! E, Nicole Niesner que a diga! No mesmo dia em que ela...

Foto de bebê nascida por inseminação comove a internet

A fertilização por inseminação artificial ainda é um tabu na nossa sociedade. Algumas pessoas preferem nem tocar no assunto. Mas, no fundo, estamos falando...

Gaúcho conserta macas e cadeiras de rodas de hospital que o ajudou a tratar depressão

Um ano e meio atrás, Ralf precisou ficar internado no Hospital Municipal de Novo Hamburgo (RS) por quinze dias para tratar um quadro de...

Mulher adota idosa que viveu durante 50 anos em hospital

A cuidadora Glaucia Andressa Santos Gomes, de 29 anos, de Araraquara, teve uma atitude digna de um roteiro de filme. Em 2010, ela começou...

Todos os dias, idoso passeia calmamente com seu cachorrinho deficiente: ‘Um passo de cada vez’

Todos os dias pela manhã, um idoso sai para passear com seu cachorrinho de estimação, que precisa de um carrinho de rodas para se...

Instagram