Menino curado de leucemia é ovacionado por colegas na escola; veja vídeo

Após três anos lutando contra a leucemia, o pequeno John Oliver, 6 anos, terminou o tratamento de quimioterapia e voltou vitorioso à escola onde estuda, sendo recebido com uma salva de palmas de seus colegas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A última rodada de quimioterapia contra a leucemia linfoblástica aguda de John ocorreu no dia 27 de dezembro. Dias depois, seus colegas o receberam no corredor da escola com aplausos, sorrisos e muita felicidade. 👏

Um vídeo desse momento viralizou nas redes sociais:

 

Ver essa foto no Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) em

Diagnóstico da leucemia

O menino foi diagnosticado com a doença no Halloween de 2016, após ter batido a cabeça e ser levado ao hospital. Após uma série de exames, um médico apontou para o quadro de leucemia.

Leia também: Amigos fazem aniversário surpresa para menino com leucemia que passa fome em GO

Os três anos seguintes foram acompanhados de uma série de rodadas de quimioterapia e medicamentos. O tratamento é agressivo para o organismo e gera diversos efeitos colaterais, que dificultava o cotidiano de John. Como resultado, sua frequência escolar era considerada bastante irregular.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Menino curado leucemia aplausos colegas escola vídeo

Retorno à escola

Apesar das faltas, ele nunca ficou para trás nos estudos, afirma o diretor da Escola Católica de St. Helen, Patrick Gannon.

“Ele ter perdido algumas vezes foi difícil, mas a turma ficou muito feliz em vê-lo voltar”, disse Gannon.

O tratamento de John foi documentado por sua mãe, Megan Oliver, em um grupo do Facebook.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Menino curado leucemia aplausos colegas escola vídeo

“Nós nos consideramos tão sortudos e abençoados”, disse. “Tivemos muito apoio da família, amigos, membros da comunidade, funcionários da escola e do hospital.”

Na última rodada de quimioterapia do garoto, sua equipe médica, familiares e amigos se reuniram no leito hospitalar para que ele pudesse tocar a campainha que os pacientes tocam quando terminam o último tratamento.

Menino curado leucemia aplausos colegas escola vídeo

“E foi quando eu disse a ele: ‘Tudo bem, você precisa tocar o sino. Toque para todas as crianças que não tiveram a chance de tocar’ e é como se tudo tivesse entrado em câmera lenta para mim”, disse Megan.

Leia também: Ela venceu a leucemia e decidiu virar médica para salvar pessoas com a mesma doença

“Ele tocou tanto que ficou orgulhoso.”

Megan disse que está ansiosa para ver o filho fazer todas as coisas que as crianças saudáveis podem fazer nessa idade, após tantos anos de luta.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: SNB/Fotos: Reprodução

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,425,269SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Bailarina recebe primeiras sapatilhas da cor de sua pele: ‘Não vou precisar pintar mais’

“É uma sensação de dever cumprido, de revolução feita, viva a diversidade no mundo da dança. E que avanço, viu, demorou mas chegou!”, disse a bailarina.

A melhor “profissão” do mundo dos cães: pegar bolinhas em partidas de tênis

Quem tem um cão em casa sabe: a coisa que eles mais adoram na vida é correr atrás de uma bolinha (ou qualquer outro...

UnB inclui disciplina ‘Felicidade’ na sua grade curricular

A ideia é que os estudantes exercitem autoconhecimento, afeto, cuidado, solidariedade e respeito às diferenças.

Para inspirar outros diagnosticados, mulheres com Fibrose Cística participam de ensaio poderoso

Ian Pettigrew é um fotógrafo de moda que sofre de fibrose cística e que resolveu mudar a forma como as pessoas olham para a...

Menino cujo amigo teve leucemia deixa cabelo crescer para ajudar crianças com câncer

Desde novembro de 2018, Enzo, de 5 anos, tem deixado o cabelo crescer. O motivo não é estético, mas a solidariedade: ele quer doar os fios para crianças com câncer.

Instagram