Menino de 9 anos ganha bolsa após sua imagem estudando na rua viralizar na internet

Daniel Cabrera, um filipino de apenas 9 anos, descobriu o poder de uma imagem na última semana.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A estudante Joyce Torrefranca, de 20 anos, viu o pequeno sem-teto estudando de noite, na calçada de um estacionamento, aproveitando a luz de um McDonald’s. Ela fez um montagem e colocou de legenda no Facebook: “Fui inspirada por um garoto”.

Torrefranca disse à TV local ABS-CBN que “como estudante, aquilo me tocou profundamente”.

Screen Shot 2015-07-13 at 7.10.54 AM

Mal podiam imaginar a repercussão dessa simples, mas extremamente poderosa, imagem! Até o momento que escrevemos esse post, ela já tinha mais de 7 mil compartilhamentos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O resultado foi uma grande comoção e gerou centenas de doações em dinheiro, material escolar e até uma bolsa de estudos que garantirá sua educação até a faculdade.

Daniel-Cabrera_3370863b

Em entrevista para a AFP, Maria Christina Espinosa, mãe de Daniel, conta que  é viúva e vive com seus dois filhos no minimercado em que trabalha desde que sua casa, em uma favela de Mandaue, na província filipina de Cebu, foi consumida pelo fogo.

Lá, ela ganha 80 pesos filipinos (R$ 5,60) por dia trabalhando como atendente, é empregada doméstica na casa dos donos do estabelecimento e vende cigarros e doces nas ruas para complementar a renda.

“Estamos muito felizes. Nem sei o que fazer com todas essas bênçãos. Agora, Daniel não terá que sofrer para terminar seus estudos”, desabafou a mãe para a AFP.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Daniel-Cabrera2_3370868b

Daniel está no terceiro ano do ensino fundamental e em conversa com o portal de notícias filipino Rappler disse ter um terço preso a seu único lápis, para que ele não seja roubado.

Porém, o site não ficou só aí, na entrevista, eles iniciaram uma campanha para recolher doações para o garoto e outras crianças na mesma situação no mesmo local em que ele mora/estuda.

Daniel diz que gostaria de ser médico ou policial, porque “gosta de encontrar coisas perdidas e de localizar seus amigos quando eles se escondem”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Joyce ainda agradeceu no Facebook: “Eu não achei que uma simples foto pudesse fazer tanta diferença. Obrigada por compartilhar a foto. Com isso, conseguimos ajudar Daniel a alcançar seus sonhos.”

Daniel-Cabrera3_3370871b

Fonte: Telegraph

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,637,823SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Marido acompanha e auxilia a mulher durante todo o parto na água

O parto, assim como conceber um filho, é uma experiência unicamente feminina, o marido é o acompanhante, e não o protagonista, mas não no...

Bolsas brasileiras feitas por haitianas desfilam em Nova York

As bolsas da grife Volta Atelier desfilaram na Semana de Moda de Nova York.

Mulher internada com câncer se casa em hospital de João Pessoa

A manhã de segunda-feira (20) no Hospital Napoleão Laureano, em João Pessoa, Paraíba, foi emocionante para pacientes e funcionários.

Restaurante dá copo de cerveja para cada copo de bitucas de cigarro retiradas da praia

As bitucas de cigarro, ao lado do plástico, são os maiores poluidores dos oceanos. Para combater a poluição em massa desses detritos, algumas iniciativas...

Modelo plus-size lança coleção de maiôs para mulheres de todas as medidas

A modelo americana Ashley Graham, famosa por seu discurso de aceitação encorajador para que as mulheres amem os seus corpos do jeito que são,...

Instagram