Modelo de 5 anos com síndrome de Down está derretendo corações com seu sorriso fofo 😘

É impressionante como um simples sorriso é capaz de gerar empatia, incentivo e confiança em outra pessoa. E o pequeno Riley Baxter, 5 anos, nasceu com um sorriso daqueles!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Desde seu nascimento, em Kent, na Inglaterra, o modelo mirim contagia seus pais com uma energia e felicidade vibrantes.

A síndrome de Down só foi descoberta com o nascimento. “Exames de sangue e de rotina não constataram nada à época”, conta a mãe do garoto, Kirsty.

Inicialmente preocupados com o quão difícil poderia ser a criação de uma criança com a síndrome, os pais de Riley logo perceberam que o processo de adaptação seria mais tranquilo do que imaginavam.

Modelo com síndrome de Down sorriso fofo

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Sorriso contagiante

“Depois que nos disseram que ele tinha síndrome de Down, eu chorei, não pelo fato de que eu o amaria menos, mas por saber o quão cruel o mundo pode ser”, explicou Kirsty. “Essa foi a primeira coisa que me passou pela cabeça, mas obviamente minhas percepções estavam erradas e uau, como eu estava errada! Havia o medo do desconhecido e por que isso tinha acontecido conosco, mas se eu soubesse o que sei agora, não teria ficado chateada.”

Desde bebê, Riley se destacava com aquele sorriso iluminado, “irresistível”, diz os pais.

“Aquele sorriso melhorava qualquer dia ruim”, afirma Stuart, pai do garoto.

Modelo com síndrome de Down sorriso fofo

Até os três anos, Riley teve dificuldade em aprender a se alimentar adequadamente, exigindo um tubo através do nariz para fornecer os nutrientes necessários para sua subsistência.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele também era completamente não-verbal até recentemente, mas se tornou um proficiente estudante da língua de sinais Makaton, dominando o idioma. Agora, aos cinco anos, é capaz de dizer frases curtas de duas palavras, incluindo “Mamãe” e “Papai”.

Leia também:

Há pouco mais de um ano ele largou o andador e começou a caminhar de forma independente. “Caminhar é um desafio para ele, requer duas vezes mais esforço do que qualquer outra pessoa”, disse Stuart. “Quando ele anda um quilômetro, é como se fossem dois devido à dificuldade, mas sua determinação em continuar é a única coisa que vemos constantemente.”

Modelo com síndrome de Down sorriso fofo

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os pais de Riley notaram nos últimos meses que o filho adora ficar na frente de uma câmera. Notando sua personalidade extrovertida e visando fazê-lo se sentir incluído, eles decidiram levá-lo a uma agência de modelos.

Desde então, o garoto assinou um contrato com a Zebedee, uma agência de talentos do Reino Unido especializada em modelos com algum tipo de deficiência. “Ele adora fazer as sessões de fotos, age com naturalidade e esbanja sua felicidade e sorriso – é brilhante”, diz a mãe coruja.

Modelo com síndrome de Down sorriso fofo

“Ele gosta de tudo o que faz e faz tudo com um sorriso; sempre que as pessoas o veem, não veem sua deficiência, apenas ele sorrindo. Um lindo garotinho sorrindo!”.

Modelo com síndrome de Down sorriso fofo

Riley está indo bem na escola, e todos os seus colegas de classe o adoram, embora ele seja amplamente não-verbal.

Stuart e Kirsty estão muito satisfeitos com a maneira como as outras pessoas tratam o filho, com respeito e equidade, apagando todos os seus medos iniciais em criar uma criança com síndrome de Down.

“Se eu pudesse voltar àquele momento e como nos sentimos quando descobrimos [que ele tinha a síndrome], eu mudaria algumas coisas”, disse o pai de Riley. “Ele pode fazer tudo o que qualquer outra pessoa pode, apenas leva um pouco mais de tempo e, tudo bem, estamos aqui para ajudá-lo. Sempre presentes para amá-lo, independentemente das circunstâncias.”

Modelo com síndrome de Down sorriso fofo

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: Inspire More/Fotos: Reprodução/Instagram @smiley_riley2014

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,573,981SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Com 44% de ateus, Holanda transforma igrejas em livrarias, cafés e casas de shows

A falta de recursos das instituições religiosas para manter essas construções fez com que muitas se transformassem em pubs, cafés, livrarias e casas de...

Cego desde os 6 anos, homem reflete sobre a falta de acessibilidade no Brasil

O Marcos Lima foi o primeiro cego brasileiro a esquiar, mas encontra dificuldades para pegar um ônibus no Rio de Janeiro.

Vaquinha da VOAA: Família de venezuelano humilhado tem até março para deixar abrigo; ajude

Vivendo com a familia no Brasil há seis meses, seu Rony é um padeiro venezuelano, de 45 anos, que passou por um episódio recente...

Nadadora cega redescobre o amor pelo esporte graças ao seu cão-guia

Os animais são companheiros mais que fiéis para todos nós e estão do nosso lado, mesmo nos piores momentos. A história da nadadora Anastasia...

Jovem com paralisia cerebral rompe preconceito e se forma em Química no Ceará

Logo depois de nascer em Tauá, cidade do interior do Ceará, Caleb Alexandrino Veríssimo foi diagnosticado com paralisia cerebral por causa de uma complicação...

Instagram