Menino cria essência de baunilha e doa todo dinheiro arrecadado para um banco de alimentos, nos EUA

William Cabaniss tem apenas 14 anos, é do Tennessee (EUA) e resolveu criar a sua própria essência de baunilha. Com as vendas, ele arrecadou US $ 9.000 (cerca de R$ 50 mil) e doou tudo para um banco de alimentos local. Isso resultou em 27 mil refeições distribuídas no estado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O adolescente vende brownies e utiliza bastante a essência em suas receitas. Um dia, ele viu em um noticiário local, como a pandemia havia aumentando a fome no país e resolveu fazer algo a respeito.

william faz doações para banco de alimentos
Reprodução: Second Harvest Food Bank of East Tennessee

William conta que primeiro começou a olhar quais os grãos utilizados na fabricação das essências e de onde eles vinham. Depois, começou a pesquisar o preço e experimentar cada um para saber se o sabor seria equivalente a um produto que as pessoas realmente comprariam.

A produção envolve toda a família

William não faz tudo sozinho. A avó ajuda a atualizar a página do Facebook, o pai fica responsável pelas questões jurídicas e financeiras e a mãe faz as entregas das encomendas. Enquanto tudo isso acontece, o adolescente está na produção.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E ele quer ir muito além.

O jovem conta que está se preparando para fabricar e vender uma baunilha especial, feita com grãos premium de Madagascar.

baunilhas produzidas por William
Reprodução: arquivo pessoal

 

Cada venda feita pela Vanilla Feeds Tomorrow, empresa de William, representa 42 refeições para pessoas em vulnerabilidade social no Tennessee.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E William acha que todo mundo precisa fazer algo pelo próximo. “Se eu puder ajudar apenas uma pessoa, ficarei satisfeito por ter feito a diferença. No entanto, eu gostaria de fazer isso pelo maior número de pessoas possível. Ninguém deveria se preocupar com a fome. Este é o meu objetivo para o Vanilla Feeds Tomorrow”.

baunilhas produzidas por William
Reprodução: arquivo pessoal

A gente só fica na torcida para que ele consiga vender ainda mais essências e possa ajudar muitas pessoas, mesmo após a pandemia.

Vimos essa história lá no Good News Network.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

[Lembram da Larissa? Ela sofreu bullying porque jogada futebol, fez um vídeo reclamando disso e viralizou. Agora a MRV vai patrociná-la por 2 anos! ❤]

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,452,816SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Enfermeira adota bebês gêmeos com doença genética abandonados em hospital

"Eu me apaixonei por eles assim que os vi, eu sabia no meu coração que eles eram os meus meninos", afirma a enfermeira.

Alpinista cria projeto para limpar o Monte Everest e retira mais de 8 toneladas de lixo

Sabe aquela história de 'seja a mudança que você quer ver no mundo'? A francesa Marion Chaygneaud-Dupuy, de 39 anos, é a maior prova...

Igreja abandonada ganha grafite repleto de animais e cores no Marrocos

O grafite ganha cada vez mais o mundo, espalhando cores, alegria e levando mensagens de todos os tipos, desde políticas, sociais, até amor e gentileza. A...

Alunos do CE transformam capacete de construção civil em sensor de movimento para deficientes visuais

Alunos da Escola Júlia Alenquer Fontenele, de Pindoretama (CE), transformaram um capacete de construção civil em sensor de movimentos para pessoas com deficiência visual. O...

Pessoas comuns reinterpretam discurso de Charles Chaplin do filme “O Grande Ditador”

O filme "O Grande Ditador" de Charles Chaplin, é um marco do cinema como uma grande sátira crítica sobre o nazismo e o fascismo...

Instagram