Menino de 7 anos vende geladinhos para comprar cestas básicas e doa a famílias carentes na Bahia

Os tempos andam difíceis e todo mundo pode ajudar. Mesmo uma criança, como o Samuel, 7 anos, que surpreendeu os pais um dia desses ao pedir para que fizessem geladinho para vender e comprar cestas básicas para famílias carentes, em Caetité (BA).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A mãe, Simone Xavier Soares Miranda, conta que Samuel insistiu que queria vender geladinho. Num primeiro momento, ela hesitou, dizendo que ele ainda é uma criança.
Foi aí que o menino disse que era para ajudar famílias que têm pouco ou nada para comer.

“Eu até me emociono. Naquele momento eu pensei, ‘poxa, como não fazer?’. Meu sentimento é de gratidão por ter contribuído um pouco através da atitude do Sam”, conta Simone.

filho abraçado mãe
Samuel e Simone. Foto: arquivo pessoal

Simone fez a primeira leva de geladinhos, anunciou no grupo da família e saiu vendendo junto com Samuel, que fez questão de colocar um bilhete em cada cesta com uma mensagem escrita de próprio punho.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Olá, eu sou o Samuel, tenho 7 anos, que Deus abençoe sua vida”, diz o bilhete.

óleo cesta básica com carta escrita mão
Foto: arquivo pessoal

A mensagem tocou fundo no coração de uma mãe de família que ganhou uma das cestas: “Meu coração chega a doer. Deus há de abençoar ele muito, o caminho dele. Eu vou guardar esse papelzinho. Nunca me emocionei tanto.”

Cinco famílias receberam cestas básicas para não faltar comida em casa durante uns bons dias. Mas Samuel e Simone não vão parar por aqui. Farão muito mais geladinhos para ajudar ainda mais e mais famílias a espantar o fantasma da fome.

“Quando chegamos para entregar as cestas, essas famílias saíam de suas casas chorando. São muitos casos de miséria”, relatou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

cestas básicas
Foto: arquivo pessoal

Frutos de uma boa educação

O desejo de Samuel de querer ajudar quem mais precisa é resultado da educação que os pais dão para ele. Se Samuel é uma criança que pensa no próximo, com certeza é por conta dos valores que recebeu.

Outra prova disso é que, todo final de ano, Samuel junta os brinquedos que não usa mais e doa a crianças que não podem comprar um.

Você nos enche de esperança nas próximas gerações, Sam! 🍀

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO


Mais uma história para te inspirar? Dá o play!

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,761,430SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem trabalha todos os dias na companhia de seu cachorro limpando para-brisas no semáforo

Adotar um cachorro é uma dádiva, mas acolher um cachorro em situação de rua um verdadeiro privilégio, o melhor presente que podemos dar a...

Coleção de bonecos com síndrome de Down ganha prêmio de melhor brinquedo de 2020 na Espanha

A fábrica espanhola de brinquedos, Miniland, conquistou o reconhecimento de “Melhor brinquedo escolhido pelo júri do ano 2020”, com uma coleção de bonecos com...

Professora usa matérias do Razões nas aulas de Ética com os alunos

As matérias servem de material de estudo para debates importantes com os alunos sobre valores, cidadania, representatividade e muito mais!

Marca usa holograma para aproximar famílias nesse Natal

Talvez uma dos sentimentos mais difíceis de descrever seja o da saudade, é algo complexo e difícil dizer o quanto esse sentimento nos afeta. Uma...

Filho dá comida na boca da mãe com demência, como ela fazia quando ele era bebê

Nossos pais deram a vida por nós, nos alimentaram, trocaram nossas fraldas e nos mostraram o mundo. No entanto, a vida passa e uma...

Instagram