Início SUSTENTABILIDADE Ambiente Desde os 6 anos, menino cultiva horta no quintal para ajudar crianças...

Desde os 6 anos, menino cultiva horta no quintal para ajudar crianças com fome

banner reservaDesde os seis anos, Oliver Cillis cultiva uma horta no quintal da sua casa para ajudar crianças carentes desde 2011.

Após uma viagem de férias com a sua família, em que Oliver viu um grupo de crianças revirando uma lixeira, ele ficou inconformado demais para não fazer nada.

Foi quando teve essa simples, mas grandiosa ideia. “Por que não vendemos os alimentos que produzimos em casa para ajudar essas crianças?”, indagou aos pais e assim criou o Oliver’s Garden Project.

Relacionado: Mãe “veste” sua filha com alimentos e flores usando perspectiva forçada

Há 6 anos, todos os alimentos produzidos nesse lar amoroso em Halmiton, no Canadá, são vendidos e toda a verba arrecadada é destinada a instituições que ajudam crianças necessitadas.

Confira mais desse projeto lindo:

Leia também: Aos 12 anos, paranaense adora trabalhar na roça e compartilha seu dia a dia no Youtube

Fonte: The Greenest Post – Fotos: Divulgação

barra reserva

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

982,395FãsCurtir
1,679,017SeguidoresSeguir
8,239SeguidoresSeguir
11,000InscritosInscrever

+ Lidas

Designer da UFMG cria embalagem sustentável de pasta de dente que pensa fora da caixa – literalmente!

Um projeto acadêmico liderado por Allan Gomes, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), repensa a maneira como as embalagens são dispostas aos consumidores...

Mãe pede pizza só para ver o filho entregar no primeiro dia de trabalho

Lindo gesto de amor da mãe para incentivar o filho no novo trabalho!

Pesquisadora de Manaus desenvolve plástico biodegradável a partir do cará

Quem já comeu sabe o quanto o cará é saboroso. O tubérculo, que é bem parecido com o inhame, é rico em fibras e...

Casal gay adota bebê com HIV que foi rejeitada por 10 famílias

Pouco depois de nascer, Olivia foi abandonada em um orfanato. Na fila de adoção, foi rejeitada por 10 famílias. O motivo? A menina é...

Pesquisadores do Paraná criam membrana capaz de desenvolver pele e ossos

O futuro da medicina está cada vez mais próximo do presente. No Paraná, pesquisadores da Universidade Estadual de Londrina criaram uma membrana que é...

Instagram