Menino que montou lira com restos de materiais ganha instrumento novinho da PM

O estudante Lázaro da Silva Pereira, de 12 anos, viajou 53 quilômetros, de São Fidélis (RJ) até Campos dos Goytacazes para receber um presente, nas palavras dele, “de valor inestimável”: uma lira de tecla de metais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O instrumento foi doado pelo sargento e professor da Banda de Música do 8º BPM, Ijhones Machado Cordeiro. Ele substituirá uma lira fabricada pelo próprio Lázaro, com tubos de metal e cabos de vassoura unidos por placas de azulejos e outras peças de cerâmica de diferentes tamanhos e espessuras para produzir os sons das notas musicais.

Com a presença de oficiais, praças e alunos da Oficina de Música, a lira profissional foi entregue num evento simples, mas muito emocionante, no pátio do 8º BPM. A iniciativa foi apoiada pelo Comandante da unidade, Coronel Rodrigo Ibiapina Chiaradia.

Menino que montou lira com restos de materiais ganha instrumento novinho da PM

A Oficina de Música atende hoje a 120 crianças e adolescentes da região, sob responsabilidade de cinco policiais da Banda do 8º BPM.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os alunos aprendem técnicas de instrumentos de corda, sopro e percussão. “Esperamos matricular o Lázaro. Ele tem um talento nato que precisa ser lapidado. Para frequentar nosso projeto basta conciliar o horário da escola e conseguir um meio de transporte para trazê-lo para Campos nos dias de aula. Nossa oficina revela talentos e é um forte indutor de inclusão social”, disse o Coronel Ibiapina.

Lázaro foi descoberto por acaso graças a um vídeo publicado nas redes sociais por iniciativa de uma vizinha. Ele nunca estudou música, mas aparece tocando os acordes da música “Asa Branca” (clássico de Luiz Gonzaga) com muita propriedade, com a ajuda de uma baqueta improvisada nas peças de cerâmica.

Menino que montou lira com restos de materiais ganha instrumento novinho da PM

Os professores da Banda de Música do 8º BPM ficaram sensibilizados com o vídeo e conseguiram localizar Lázaro, promovendo uma festa de entrega da lira de teclas.

Coincidentemente, o Sargento Ijhones tinha o instrumento guardado em casa e não hesitou em doar ao garoto. “O Lázaro é um menino humilde, talentoso e muito dedicado. Isso nos motivou a realizar esse sonho dele”, afirma o Sargento Ijhones.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: PMs se sensibilizam e doam ar-condicionado a pai de menino com paralisia cerebral

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: SF Notícias/Fotos: Divulgação/Polícia Militar

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,860,568SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pai cria brincadeira para distrair filha durante bombardeio na Síria

A guerra civil na Síria se estende há quase nove anos e já tirou a vida de mais de 380 mil pessoas. Infelizmente, o...

Após comentário homofóbico no LinkedIn, funcionário do Grupo Votorantim é demitido

Após publicar um comentário homofóbico na rede social LinkedIn, um funcionário do Grupo Votorantim foi demitido da empresa. O profissional trabalhava na Votorantim Cimentos, uma...

Protetor vence preconceito, é campeão em reality show e usa prêmio para continuar ajudando animais de rua

Adriano Lemos, 31, protetor de animais que já participou de uma das nossas vaquinhas da VOAA, foi o primeiro vencedor do reality show 'The...

Líderes de projetos sociais pedem ajuda para o fazer o maior McDia Feliz da história

O McDia Feliz é o principal evento do Instituto Ronald McDonald desde 2001. É uma grande ação em que a venda de cada Big...

Americano paga dívida de almoço de 400 crianças para voltarem a comer na escola

"Achei isso tudo uma loucura. Comida é algo indispensável. As crianças não deveriam aprender a lidar com a fome [na prática]".

Instagram