Vaquinha para menino que vende picolés para sustentar a família arrecada R$ 166 mil em menos de 24h

O David dos Santos só tem 12 anos, mas já carrega a responsabilidade de sustentar a casa. Ele vende picolés na praia de Copacabana (RJ) e todo o dinheiro é para ajudar a mãe e as irmãs.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Após um dia de trabalho, o David foi roubado e perdeu todo dinheiro que ganhou. Lançamos uma vaquinha na Voaa para ajudá-lo e conseguimos arrecadar R$ 166 mil em menos de 24h! ❤

View this post on Instagram

A post shared by Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar)

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Família passa por grandes necessidades

O David e a família vêm passando por uma série de dificuldades financeiras. Ele, a mãe e a irmãs vivem em uma casinha muito simples, numa comunidade do Rio. A família não tem fogão e muitos outros itens básicos e necessário. O imóvel tem apenas uma cama de solteiro onde dorme todos juntos.

A mãe do David, dona Dulce, não pode trabalhar porque a irmã mais nova dele, de 6 anos, tem paralisia cerebral e precisa de cuidados frequentes. Ela recebe um benefício, mas o dinheiro todo é para comprar fraldas e medicamentos para a irmãzinha de David.

vaquinha para o David bate metaVaquinha arrecada R$ 166 para ajudar família

Mas agora vocês mudaram essa história! ❤️ Todo o valor da vaquinha será para ajudar a família do David, para que ele não precise mais passar tantas horas trabalhando sob o Sol quente.

Com o valor arrecadado, a família já nos contou que comprará uma casa para viverem melhor e longe da violência da comunidade. Eles poderão comprar também uma cadeira de rodas para irmã, fogão, cama e muito mais, além disso de se manterem por um bom tempo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Nós conhecemos a história do David através da seguidora Paula. Ela nos contou que o viu vendendo picolé e, como ele fez amizade com o filho dela, quis saber mais sobre o garoto.

Paula levou as crianças para passear, e deu dois super presentes para David: um lanche no McDonald’s – que ele nunca tinha comido – e um celular. Ela nos disse ele passou o ano juntando dinheiro, mas só conseguiu guardar R$ 200.

Em um dos dias em que estava na praia, David deixou sua caixa com os picolés, valor que já tinha ganho e seu cartão de transporte, próximo à uma barraca para ir brincar com Gael no mar. Quando voltaram, tudo havia sido roubado! Foi a Paula e vendedores das barracas próximas que o ajudaram a voltar para casa.

A ajuda de vocês foi muito necessária para o David! A gente só agradece a transformação que você ajudaram a realizar na vida dele!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Selo Conteúdo Original Razões para Acreditar

Seguimos acreditando!

A equipe da VOAA apura todas as vaquinhas publicadas na plataforma. Acompanhamos as histórias antes, durante e após finalizar as campanhas em nossas redes sociais

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,429,587SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Estudantes britânicos desenvolvem dispositivo que captura microplásticos liberados por pneus e reduz poluição

Um grupo de estudantes britânicos conhecido como The Tire Collective acaba de ser selecionado para o prêmio James Dyson 2020, com uma invenção incrível! Eles...

Nova rede social conecta pessoas com deficiência para ampliar interação e troca de informações

Segundo a ONU, existem cerca de 1 bilhão de pessoas com algum tipo de deficiência no mundo. Muitas vezes, elas utilizam fóruns na internet...

Hospital autoriza cadela dar um último adeus para o seu dono

O hospital deixou que ela se despedisse do dono.

Fisioterapeuta cria adequador de postura de baixo custo para crianças com doenças congênitas

Feito de papelão, fita adesiva, cabo de vassoura e espaguete de piscina, o adequador ajuda no desenvolvimento motor e cognitivo dessas crianças através do brincar.

Internado há mais de 40 anos, paciente cria série de animação dentro do hospital

Vítima de paralisia infantil e morando há mais de 40 anos em uma UTI do Hospital das Clínicas, em São Paulo, Paulo Henrique Machado,...

Instagram