Menino de 13 anos usa redes sociais para salvar negócio da família em BH

Um menino de 13 anos (isso mesmo, 13 anos!), ajudou a salvar o negócio do pai com uma boa dose de iniciativa. Ao ver que o movimento ia caindo, mandou mensagens para páginas de sua cidade pedindo ajuda. Deu certo 😉

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A pandemia mudou muito do que conhecíamos e com essa mudança vieram muitas surpresas. Os negócios, principalmente os pequenos, são os que mais têm sofrido, pois não estavam adaptados para funcionar de modo 100% digital.

Das crianças podemos esperar tudo. Quase sempre são mais antenadas do que nós adultos, parecem já ter nascido entendendo todo esse mundo tecnológico. Quem aí nunca pediu uma ajuda pro sobrinho pra conseguir fazer algo que ele considera “moleza” dentro do universo digital? Pois é.

E foi assim, de maneira espontânea, que o Samuel (no alto dos seus 13 anos) ajudou a salvar o negócio do seu pai, a lanchonete “Açaí do Careca” que é a principal fonte de renda da família na cidade de Belo Horizonte (MG). Marlúcio Ignácio, pai do menino, já estava trabalhando sozinho, pois teve que demitir os funcionários, devido a queda do movimento causada pelas medidas de isolamento social, necessárias para achatar a curva de contágio do Covid-19. [Canal Coronavírus: veja boas notícias, vagas home-office e como ajudar pequenos negócios clicando aqui.] 

Samuel estava em casa sem muito o que fazer, já que as aulas foram suspensas, o pai decidiu então levá-lo para a lanchonete apenas para fazer companhia, e foi aí que tudo aconteceu. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O menino percebeu a queda do movimento, e notou que seu pai ainda não tinha tomado nenhuma atitude, resolveu agir! Sozinho entrou em contato com algumas grandes contas do Instagram e do Facebook pedindo ajuda na caruda mesmo: “Oi você pode ajudar o estabelecimento do meu pai?” e não é que funcionou! Páginas como a BH é meu país, que conta com quase 40 mil seguidores, viram a mensagem do destemido Samuel e resolveram contar a história no feed, pra todo mundo saber quem era o menino que só queria salvar o negócio da família.

No texto que a página publicou, contaram sobre a astúcia do menino em enviar mensagem para eles:  “Foi assim, bem diretão, que o Samuel, de apenas 13 anos apareceu no nosso PV, pedindo ajuda pro açaí do pai (que também faz lanche e agora está começando com marmitex, na luta contra os impactos dessa pandemia).

@carecaeacai é o insta deles. E essa é uma das mil fotos que ele me mostrou🤭 ajudando o paizão, desde cedo. Parabéns Samuel, ajude sempre os pais.”

No mesmo dia, entre as 18h e 22h, conseguiu mais de 1.500 visualizações! O pai, muito emocionado, disse: “Nesse dia que deu resultado, eu chorei igual a um menino. Chorei muito, porque é uma força que nasce na gente, sabe?”. A gente sabe, Seu Marlúcio!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Samuel também cadastrou a lanchonete no iFood, adaptou o cardápio, e tem ajudado na produção e atendimento. Parece a Luiza, que fez sua banca de guloseimas no Rio pra ajudar a mãe, lembram? 

A relação com o filho tem sido um respiro  em meio a pandemia, “Essa situação me fez perceber muita coisa boa, que não é tudo tragédia. Esse menino me animou, os últimos meses foram um baque e ele me deu uma injeção de ânimo”. contou o pai ao site BHAZ.

Então vamos apoiar o Samuel e sua família? A lanchonete “açaí do careca” já está disponível no iFood (clique aqui), funciona todos os dias, das 7h às 19h, na rua Tupinambás, 1031 – no centro de Belo Horizonte. 

Vai com tudo Samuel! Estamos aqui torcendo por você e sua família.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: BHAZ 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,638,607SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Fotógrafa faz ensaio newborn com porquinha bebê de derreter nossos corações

O ensaio newborn sempre é feito quando os pais querem registrar os primeiros dias do filho, não é? E foi exatamente o que Connie...

De trabalhador rural a doutor em Economia: conheça a história do agricultor que virou bancário

A história de Júlio César reforça uma sabedoria do campo: quem planta, colhe! O rapaz, nascido e criado na comunidade rural de Campestre, em...

Rede social brasileira vai destinar 30% da receita de publicidade a causas socioambientais

Você compartilha momentos e ajuda causas socioambientais sem mexer no seu bolso.

Startup cria aplicativo que indica onde o seu lixo pode ser descartado

A empresária e especialista em sustentabilidade, Roberta Pinheiro, identificou há pouco mais de um ano que as pessoas querem fazer o descarte correto do...

Instagram