Senegalês de 11 anos cria ventilador com sucatas e movido à energia solar

O pequeno Modou Diuf, de apenas 11 anos, mora lá no Senegal e juntou um monte de bugigangas, que para alguns eram lixo, e deu uma nova vida à sucata. Sozinho, o menino conseguiu construir um ventilador que funciona à base de energia solar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Modou pegou uma hélice, um radinho, um motor de carrinho e ligou isso tudo em uma bateria de celular. Sem nenhum curso e na base da curiosidade, o pequeno senegalense criou um ventiladorzinho que pode funcionar em qualquer lugar!

Menino com ventilador à base de energia solar
Modou surpreendeu a todos com sua genialidade tão precoce. Foto: reprodução/Instagram Instituto Dorcas

Ao conhecer esse garoto e sua genialidade, o pessoal do Instituto Dorcas decidiu presentear Modou uma bolsa para o curso de informática. O projeto, comandado por brasileiros, abrirá uma escola no Senegal para alfabetizar crianças. Clique aqui e saiba como apoiar!

Como se a genialidade deste menino não fosse suficiente, os seus sacrifícios mostram ainda mais a importância do seu pequeno ventilador. O menino anda 5 km todos os dias para poder ir à escola, mostrando toda sua vontade de aprender e mudar de vida!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O Menino que Descobriu o Vento

A história de Modou lembra muito a do filme ‘O Menino Que Descobriu o Vento’. O longa-metragem conta a trajetória de vida de um jovem que frequentava clandestinamente a biblioteca de uma escola particular e, a partir do conhecimento adquirido nestes livros, conseguiu salvar parte da população do Malawi, também na África, da sede.

No perfil do Instituto Dorcas no Instagram (@institutodorcas), elogios não foram poupados ao Modou, que segundo eles, será responsável por grandes feitos no futuro. A página ainda ressalta a genialidade dos africanos.

Casal brasileiro criou escola para alfabetização no Senegal. Foto: reprodução/Instagram Instituto Dorcas
Carlos e Débora criaram o Instituto Dorcas para ajudar crianças e jovens senegaleses. Foto: reprodução/Instagram Instituto Dorcas

“Me impressiona as mentes brilhantes que a África tem, chego a dizer que a África vai dominar o planeta!”

O Instituto Dorcas conta com seu apoio para inaugurar sua primeira escola em Senegal. Clique aqui e apoie a alfabetização de centenas de crianças senegalesas!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Por falta de detentos, Holanda fecha 19 presídios (alguns viraram albergues para refugiados!)

Por falta de presos, a Holanda, a exemplo da Suécia (relembre aqui), teve que fechar 19 presídios! Uma realidade bastante diferente de lugares onde a criminalidade...

Adolescente com doença rara realiza sonho de assistir jogo do Santos na Vila Belmiro

Para o estudante Matheus Henrique, de 14 anos, o futebol vai muito além de uma partida em campo: é sua paixão e principal hobbie...

Você já sorriu hoje?

O cantor Ivo Mozart fez um projeto singelo, mas muito significativo, com a seguinte provocação: Você já sorriu hoje? Simples né? Então vamos lá, assista o...

Menino de 11 anos doa 22 mil fraldas para mães solteiras usando dinheiro da sua barraca de limonada

Cartier Carey, de 11 anos, recentemente deu um super exemplo pra todos nós. Ele usou todo o dinheiro da sua barraquinha de limonada para...

Pai homenageia filho vítima de câncer com curta-metragem do Homem-Aranha

O pai do garoto Jayden, que faleceu vítima de câncer, montou um curta-metragem para homenagear o filho. Em setembro de 2013, Jayden foi diagnosticado com...

Instagram

Senegalês de 11 anos cria ventilador com sucatas e movido à energia solar 1