Menino que vende tamboretes para ajudar mãe tem dinheiro roubado e desconhecidos se mobilizam para ajudá-lo

O menino Lucas, 11 anos, vende tamboretes para ajudar a mãe com as despesas de casa. Morador de Alagoa Grande, no brejo da Paraíba, Lucas vende tamboretes duas vezes por semana, na parte da manhã, antes de ir para a escola.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Você pode ajudar através da vaquinha criada para a família de Lucas clicando aqui.

Ele sai de casa bem cedo com a esperança de voltar com alguns trocados para a mãe, dona Sônia. O bolsa-família é a única renda fixa da dona de casa. Por isso, Sônia vende produtos de limpeza (água sanitária e desinfetante) no quintal de casa. Mesmo assim, o dinheiro que entra todo mês é escasso: mal dá pra sustentar os três filhos e o marido, Severino, desempregado no momento.

O dinheiro que Lucas ganha vendendo tamboretes também é pouco: porém, sem ele, a realidade da família seria mais dura do que ela já é. Lucas sabe que as coisas não andam boas e, por isso, ficou arrasado quando, na sexta-feira passada, 26, um assaltante roubou o dinheiro dos tamboretes que ele vendeu naquele dia com muito custo: cerca de 40 reais.

Você pode ajudar através da vaquinha criada para a família de Lucas clicando aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“O pai do Lucas está desempregado. Como dona de casa, eu faço revenda de produtos de limpeza. Desde pequeno o Lucas já queria ir pra feira, carregar o carrinho das pessoas. Sempre foi assim, um trabalhadorzinho, mostrando já que vai ser um homem”, disse dona Sônia em conversa com a redação do Razões. Assista o vídeo que viralizou do menino contando o que aconteceu:

 

 

View this post on Instagram

 

A post shared by Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) on May 2, 2019 at 7:12am PDT

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Menino de 6 anos surpreende professores ao entregar medalha para amigo cadeirante

Uma vizinha, tão humilde quanto a família de Lucas, produz os tamboretes que o garoto vende nas ruas do Centro de Alagoa Grande. Lucas fica com uma pequena porcentagem do lucro, variando de acordo com a quantidade de tamboretes que ele vende. É pouco, porém, ali, as coisas funcionam desse jeito: é um ajudando o outro como pode! Pois a realidade é uma só: de muita necessidade.

menino tamboretes dinheiro roubado ajuda desconhecidos
O jornalista Gustavo Chaves com dona Sônia, Severino e o pequeno-grande homem Lucas

A boa notícia é que quem está de fora reconhece a batalha diária de pessoas tão humildes como Lucas, Sônia e a vizinha. Foi o caso do jornalista Gustavo Chaves, que soube (lamentou muito!) da história do roubo e decidiu ajudar. Sônia contou em detalhes como tudo aconteceu. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Ele saiu na sexta-feira pela manhã, como ele faz toda sexta. E aconteceu isso: o indivíduo se aproximou dele, perguntou se ele tinha troco para 50 reais. Na inocência de criança, ele disse que ‘sim’, colocou os 40 reais pra fora, e o assaltante puxou com tudo, saindo correndo com a moto”, lamenta Sônia. 😢

O jornalista do Plantão Policial Paraíba e mais alguns amigos fizeram uma vaquinha e deram para Lucas os 40 reais que o assaltante levou. Mas a ajuda não parou por aí: mais pessoas começaram a ajudar Lucas e sua família, com pequenos doações em dinheiro, depositadas na conta do pai de Lucas. E também com uma vaquinha criada por Matheus, um empresário que ficou sabendo da história através de uma página do Facebook e resolveu criá-la para ajudar a família a tocar a vida e montar um pequeno comércio para que possam ter uma vida digna, o link é esse aqui.

“A maior dificuldade no momento é a falta de emprego. Mas, graças a Deus, com a repercussão da história, a gente tá recebendo ajuda. Nós estávamos numa situação bem difícil, mesmo!”, agradece Sônia.

menino tamboretes dinheiro roubado ajuda desconhecidos
“Sempre foi assim, um trabalhadorzinho, mostrando já que vai ser um homem.”

Além do emprego para o marido, Sônia conta que os filhos precisam de roupas e calçados novos: itens que estão no final da lista de prioridades da família, tendo em vista que falta o básico, inclusive, comida. Sônia ainda precisa se virar para pagar as contas de água, energia e o aluguel da casa.

“O Lucas não ganha muito. Não cabem muitos tamboretes no carrinho [de mão]. Às vezes, ele ganha 15, 20, mas não tem um valor fixo.”

Leia também: Da periferia de SP para os EUA: A trajetória do estudante de medicina que virou pesquisador em Harvard

menino tamboretes dinheiro roubado ajuda desconhecidos
“Ele sabe da dificuldade que a gente passa.”

Lucas é apenas uma criança e os estudos deveriam ser sua única preocupação. Mas a realidade da família é dura, e Lucas prefere trabalhar debaixo de sol forte, ao invés de cruzar os braços e esperar que a mãe resolva sozinha todos os problemas. Por tudo isso, Sônia define Lucas numa só palavra: orgulho.

“Pra mim é muito gratificante ver ele fazendo isso. É um menino estudioso, com uma frequência boa. Tem as dificuldades dele na escola, como toda criança. Mas ele está sempre ali, tirando uma notinha boa. Eu só tenho a agradecer, tenho muito orgulho dele como filho! Ele sabe da dificuldade que a gente passa. Eu não queria que fosse assim, mas Deus sabe”, destaca Sônia.

Chaves também criou um grupo no WhatsApp para conectar pessoas em condições de ajudar a família, da maneira que puder. “Tem muita gente ajudando, eu não vou mentir. Graças a Deus, estamos sendo abençoados”, afirma a dona de casa. “Eu quero agradecer a todos que estão ajudando, obrigado!”, também agradece Lucas. 🙌

Você pode ajudar através da vaquinha criada para a família de Lucas na plataforma de financiamento clicando aqui.

Ah, Lucas, nós do Razões que agradecemos pelo filho incrível que você é! Dona Sônia tem razão de sentir tanto orgulho de você. 

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

menino tamboretes dinheiro roubado ajuda desconhecidos

Crédito das imagens: Gustavo Chaves

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

Relacionados

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

995,564FãsCurtir
1,910,541SeguidoresSeguir
9,309SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Idosa de 87 anos confecciona máscaras de proteção para distribuir gratuitamente no MA

Sem conseguir encontrar máscaras de proteção, a professora, bióloga e engenheira civil Renatha Costa uniu forças com sua avó, dona Bernarda, 87 anos, para...

Magazine Luiza doa 1.000 colchões e travesseiros para moradores de rua em Belém (PA)

Desde o último sábado (21), o Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, passou a receber centenas de pessoas em situação de rua da Região Metropolitana...

Após ver família comendo restos do lixo, homem abre restaurante para servir pessoas carentes

O dono de um restaurante em Vila Velha (ES) abriu seu estabelecimento para atender gratuitamente pessoas em situação de rua durante a pandemia de...

Angelina Jolie doa R$ 5 milhões para manter merenda de alunos durante quarentena

A atriz Angelina Jolie, 44 anos, doou US$ 1 milhão (R$ 5,2 milhões) para manter a distribuição de merendas escolares para crianças de baixa...

Coronavírus ‘sela paz’ entre palestinos e israelenses: saúde é prioridade máxima!

Há anos o mundo não via um encontro pacífico entre palestinos e israelenses. A Autoridade Palestina e Israel sentaram na mesma mesa para firmar...

Instagram