Menino que amputou perna por causa de câncer realiza sonho de surfar 

Em 2015, o pequeno Juan Yure Chagas, hoje com 10 anos, recebeu o diagnóstico médico de um osteossarcoma, um raro e agressivo tipo de câncer nos ossos. Dali em diante, sua vida mudou radicalmente, mas o menino encontrou no surfe uma maneira de se entreter enquanto lidava com a doença.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele foi submetido a um tratamento ao lado de outras 2.462 crianças e adolescentes atendidas no Hospital Peter Pan, em parceria com o Hospital Infantil Albert Sabin, contra o câncer infantil, em Fortaleza (CE).

A descoberta do câncer ocorreu por acidente: Juan machucou a perna em casa e foi levado pelos pais a um hospital. Durante a bateria de exames, os médicos identificaram um osteossarcoma, o mais maligno dos sarcomas ósseos, que afeta principalmente as extremidades dos ossos longos.

“Foi um momento terrível, acabou com a gente no primeiro momento. Dois anos de muita dor e aflição, mas que tivemos apoio de amigos e do Hospital Peter Pan”, lembra Jenniffer Gomes Carneiro, mãe do menino.

Ajuda para universitária que ficou tetraplégica perto de se formar

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Tratamento contra o câncer

Após algumas sessões de quimioterapia, dado o grave estado da doença, Juan precisou amputar a perna direita. Foram meses tristes que exigiram muita adaptação. “Hoje me sinto livre e muito bem. É muito bom saber que pessoas como eu sabem surfar, é incrível estar superando os limites”, disse o garoto sobre a atividade que realiza na comunidade do Titanzinho.

Juan Yure Chagas venceu o câncer e tornou o surfe seu principal hobby

“A gente conheceu o ‘Projeto A Maré Vida’, que é justamente para deficientes, e estamos lá”, explicou Jennifer. Ela logo percebeu a alegria do filho com o esporte. “Ajudou muito, ele gosta e diz que no mar se sente livre para fazer o que quiser e não sente que tem só um perna”, concluiu.

Leia também:

A paixão pelo surfe fez Juan mergulhar fundo nos campeonatos e competições infanto-juvenis do Ceará. Ele já acumula as primeiras medalhas conquistadas no esporte e sonha se tornar um surfista profissional.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O garoto afirma que não tem qualquer dificuldade para praticar o esporte nas pranchas comuns, porém precisa ter cuidados para não danificar a prótese. “O surfe é meu maior amor e os meus sonhos são muito altos. Conseguir juntar toda minha família, viver bem e poder todo dia ir para a praia brincar”, concluiu.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: Pais e Filhos/Fotos: Reprodução/G1

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,638,512SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Casal se reencontra 46 anos depois de romper noivado e se casa

Uma história com roteiro de novela. O amor do casal Cione e Carlos Arthur resistiu a rumos de vida diferentes e se reencontrou 46...

Menina cobra por carinhos em seu cachorro e arrecada quase R$ 3 mil para abrigo de animais

Uma brincadeira entre pai e filha, em Rhode Island (EUA), se transformou em uma grande doação para o abrigo de animais da cidade. Jason DeCesare,...

[VÍDEO] Veja a casa que ‘Deise do Tombo’ comprou para vizinha com câncer

A estudante de contabilidade Deise Gouveia, a "Deise do Tombo", mostrou aos seus seguidores a casa nova que comprou para a vizinha, Paula, dona...

Homem tira fotos durante 3 anos e retrata o processo de transformação em mulher

iigethii (não sabemos o nome real) era um jovem de 21 anos que sentia como se tivesse nascido no corpo errado. Quando conseguiu realizar...

[VÍDEO] Pesquisadores de BH criam suplemento alimentar que acelera recuperação de beija-flores resgatados

Pesquisadores desenvolveram um suplemento alimentar para beija-flores resgatados e encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) de Belo Horizonte (MG). Uma delas é...

Instagram