Menino vende desenhos no portão de casa para ajudar a família e comprar telas

No bairro Zé Pereira, periferia de Campo Grande, Kayque Alexandre Amâncio Rodrigues, 14 anos, decidiu pôr os seus desenhos à venda no portão de casa. Cada desenho autoral, feito em papel A4, ele vende por R$1,50 com o objetivo de juntar dinheiro para ajudar a família e comprar telas, contribua na vaquinha que fizemos pra ele aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Kayque mora numa casa simples com os pais e com mais três irmãos mais novos. A mãe, Kelly Cristina Amancio, de 35 anos, contou que o filho sempre pede para comprar folhas, lápis de cor e tinta, mas que não tem dinheiro, já que na casa, só o pai trabalha e a mãe, que sofre de Transtorno Bipolar, recebe uma pequena aposentadoria.

O sonho dele também é comprar um computador para fazer os seus desenhos e estudar, e de um dia, dar à família uma casa. Para ajudá-lo a realizar esses sonhos, lançamos a sua vaquinha na VOAA. Clique aqui e contribua!

“Ele é um menino muito inteligente e sempre fala que quando crescer, quer ajudar em casa”, disse a mãe.

Jovem que vende desenho no portão de casa mostrando uma arte dele
Kayque vende seus desenhos no portão de casa para ajudar a família e comprar telas. Foto: Arquivo Pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A venda dos desenhos

O Kayque contou que desde os 4 anos gosta de desenhar, autodidata, ele aprende as técnicas e vai aprimorando as suas obras!

Eu comecei há dois dias e já consegui vender 13 desenhos. Estou juntando dinheiro para comprar telas e quero ajudar a minha família. Eu gosto muito do dragon ball e fico pegando imagens no cyber. Agora, meus três irmãos mais novos também ficam desenhando, estou incentivando-os”, afirmou.

Menino que vende desenhos no portão de casa mostra um de seus desenhos
Kayque aprendeu sozinho a desenhar. Foto: Arquivo Pessoal

Menino que vende desenhos no portão de casa mostrando o desenho do Dragon Ball e dando joia
Ele é fã de Dragon Ball e adora desenhar os personagens. Foto: Arquivo Pessoal

A mãe conta que o menino também está oferecendo desenhos pelo WhatsApp. “A minha filha de 10 anos já está falando por aí que será a empresária dele e até o de 6 tá desenhando. Eu não imaginava toda essa repercussão, o pessoal vindo aqui em casa, mas, estou muito feliz”, finalizou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vamos dar uma força a esse jovem artista e sua família? Clique aqui e contribua!

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,095,116FãsCurtir
2,692,340SeguidoresSeguir
22,481SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Sem patrocínio, jovem tem que vender biscoito para ir à campeonato em Nova York

Sem patrocínio, em maio deste ano, Gabriel trouxe da Califórnia título de campeão mundial de jiu-jitsu que conseguiu somente com a venda de biscoitos.

Homem evita assédio de jovem no metrô com atitude simples e vídeo viraliza

Ao perceber que um homem mal-intencionado estava tentando gravar as partes íntimas de uma jovem no metrô, um senhor de idade se levantou e...

Conheça a história do caminhoneiro crossdresser que viaja o Brasil de salto alto

A motorista Afrodite, de 68 anos, nasceu Heraldo Araújo, nome que consta em todos os seus documentos, pelo menos por enquanto.

Aos 87 anos, viúva é pedida em casamento por quem a amou a vida toda

Nunca é tarde para viver um novo amor! ♥

Ilustradora transforma 14 palavras “intraduzíveis” em belíssimas ilustrações

Não é toda palavra estrangeira que conseguimos traduzir, literalmente, para a nossa língua materna, já que sua estrutura afeta nossos processos cognitivos e a...

Instagram

Menino vende desenhos no portão de casa para ajudar a família e comprar telas 1