Menino chora ao ser denunciado por vender água na rua, comove web e ganha vaquinha

Gabriel é um garotinho de 11 anos que foi trabalhar na rua para ajudar no sustento da casa. Ele mora com a mãe e três irmãos menores de 10, 9 e 2 aninhos na cidade de Mossoró (RN).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para ajudar a família no sustento de casa, lançamos sua vaquinha na VOAA. Clique aqui e contribua.

Gabriel vive com muitas dificuldades financeiras e, a forma que ele encontrou para ajudar a mãe foi vender várias coisinhas na rua. O garotinho já vendeu água, pamonha, bombons e outros itens por toda a cidade.

Recentemente, Gabriel foi impedido pelo Conselho Tutelar de continuar realizando suas vendas. O que trouxe desespero para ele.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Família mora perto do tráfico

Uma das grandes vontades do Gabriel é mudar de casa, mas  não há condições no momento.

Hoje, eles vivem apenas com uma pequena ajuda do Bolsa Família e com o valor da vendas, que também não é muita coisa.

A família mora perto de uma região de tráfico e se sentem inseguros por isso. Ele já foi chamado, inclusive, para vender drogas e não aceitou.

O local que Gabriel mora com a família é um quarto bem pequeno cedido pela sua avó, para que eles não ficassem nas ruas. Mesmo pagando somente as contas básicas, eles passam por muitas dificuldades.

gabriel pede ajuda

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A vaquinha vai ajudar a mãe do Gabriel a encontrar um cantinho melhor para eles viverem. Faça a sua doação!

Gabriel quer poder montar um pequeno negócio em casa

Como a mãe é sozinha, ficou sem poder trabalhar por causa dos filhos menores. Além disso, o irmão do Gabriel de 10 anos possui problemas de saúde e não pode ficar sozinho.

Então Gabriel também sonha em poder montar um pequeno negócio em casa. Dessa forma, ele não precisará mais ir pra rua vender nada.

gabriel

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Não tenho vergonha de sair para vender, já fui muito humilhado nas ruas, mas sinto orgulho do que faço, assim consigo sustentar minha casa, meus irmãos. Vergonha eu teria se estivesse roubando“, desabafou o pequeno.

Gabriel frequenta a escola normalmente e após as aulas ele sai para vender, pois se vê preocupado em levar o sustento de casa.

Vamos mudar a vida do Gabriel? Clique aqui para ajudar essa família! Faça a sua doação!

selo conteúdo original

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,835,148SeguidoresSeguir
24,725SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Homem Ambulância leva pacientes para hospital distante por conta própria

Entre Nepal, Butão e Bangladesh está a pequena cidade de Jalpaiguri, na Índia, onde a plantação de chá é o principal recurso da região. É...

Casal abre restaurante em que você escolhe como pagar (inclusive lavando a louça)

Conheça o Ecozinha, o restaurante da historiadora Fátima Mazarão e do gastrônomo Luciano Vaini que desconstrói as bases tradicionais dos restaurantes que conhecemos. O projeto do casal acontece na casa...

Pela primeira vez na história, mulheres são metade da equipe de astrounautas da NASA

Profissão masculina? Que nada! A NASA anunciou, pela primeira vez na história, uma equipe de astrounatuas composta 50% por mulheres, ou seja, metade homens e...

Mulheres criam movimento #jáfuijulgada para promover a empatia com as mães

Muitas vezes julgamos inadequadamente as pessoas, apenas baseados em nossos critérios individuais. Devemos evitar isso e sempre tentarmos nos colocar no lugar do outro. Toda mãe...

Mãe abandonada por ter filho com deficiência dá exemplo de amor

Aos 16 anos, ainda na maternidade do hospital segurando o seu filho Matheus, que nasceu com paralisia cerebral, Edilma Canario dos Santos, 38 anos,...

Instagram

Menino chora ao ser denunciado por vender água na rua, comove web e ganha vaquinha 3