Menino faz método canguru em irmãzinha prematura e a sua reação é a mais fofa

Clique e ouça:

Aiiii, que fofo. ❤ Gente, o pequeno Pedro Yuri, de apenas 8 aninhos, estava super ansioso para conhecer suas irmãzinhas gêmeas recém-nascidas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quando ele chegou no hospital, foi convidado a fazer o Método Canguru, tendo contato corpo a corpo com a irmãzinha. E o resultado disso foi a coisa mais linda!

“Acho muito importante ele poder conhecer as irmãs ainda aqui no hospital para criar vínculos”, disse Maria Gleiciane Paiva Lima, 31 anos, mãe do menino.

A sua visita à UTI Neonatal Hospital Regional Norte (HRN), em Sobral (CE) só foi possível graças à autorização da equipe local que estimula a visita dos irmãozinhos mais velhos à unidade.

menino carregando irmãzinha em hospital
Foto: Assessoria de Comunicação do HRN/Teresa Fernandes

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

De acordo com a psicóloga do hospital, Beatriz Albuquerque, essa iniciativa contribui para a relação entre paciente e família.

A visita da criança precisa ser um momento saudável para o paciente e a criança recebida. Por isso, é necessário minimizar os danos emocionais da hospitalização”, disse.

equipe médica e menino carregando irmãzinha em hospital
Foto: Assessoria de Comunicação do HRN/Teresa Fernandes

Benefícios do Método Canguru

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria, o Método Canguru traz inúmeros benefícios para os pais, a família, os bebês prematuros e para a equipe de saúde:

– Favorece o vínculo mãe- filho;
– Diminui o tempo de separação mãe-filho;
– Estimula o aleitamento materno;
– Favorece um melhor desenvolvimento neurocomportamental e psico-afetivo do recém-nascido de baixo peso;
– Favorece a estimulação sensorial adequada do recém-nascido;
– Reduz o estresse e a dor do recém-nascido de baixo peso;
– Proporciona um melhor relacionamento da família com a equipe de saúde;
– Possibilita maior competência e confiança dos pais no cuidado com seu filho.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Que demais, não é mesmo?

As irmãzinhas ficarão mais alguns dias no hospital

A família mora em Meruoca, cidade a 27 km de Sobral. Gleiciane fez o pré-natal na Policlínica Regional em Sobral e depois foi encaminhada ao hospital.

Por causa da gestação de alto risco, a jovem precisou ir para a maternidade mais cedo.

mãe, avõ e menino carregando irmãzinha em hospital
Foto: Assessoria de Comunicação do HRN/Teresa Fernandes

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As gêmeas passaram pela UTI Neonatal e pela Unidade de Cuidados Intermediários Convencional do hospital.

Agora, para ganhar peso, elas estão na Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Canguru.

Inclusive, contamos a história da jovem Andreza, mãe de quatro filhos, um de oito ano e trigêmeos de um ano e meio. Ela foi abandonada pelo marido e agora precisa da nossa ajuda. Clique aqui e contribua com a sua vaquinha.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Secretaria da Saúde do Ceará

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,079,218FãsCurtir
2,422,376SeguidoresSeguir
20,858SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Após humilhação, motoboy ganha mais de R$190 mil em vaquinha, moto nova e é contratado por agência de marketing

Em menos de 24 horas, batemos a meta da vaquinha na VOAA para ajudar o motoboy Matheus a dar a volta por cima, depois...

Sogro anda de mãos dadas com genro para ajudá-lo a superar medo de sair na rua com o namorado

Fran guarda algumas memórias ruins de um passado recente, quando ele sofreu preconceito por ser homossexual. O jovem foi agredido fisicamente, além de ter passado...

Confeiteira é humilhada por cobrar taxa de entrega de R$2 e recebe apoio de internautas

A confeiteira Ângela Oliveira foi humilhada por uma cliente que se recusou a pagar a taxa de entrega do seu bolo de pote. Na troca...

Vaquinha para motoboy humilhado bate mais de R$100 mil em menos de 24h

Todo mundo acordou ontem precisando engolir a seco a história do Matheus Pires, de Valinho (SP). Vivemos em um país onde ainda há muita indiferença...

Homem raspa cabelo da namorada com alopecia, depois o seu também e ela não aguenta a emoção

Quando a gente escuta que amar não tem limites, a gente fala de gestos como o de Damien! Ele namora Eva Barilaro e, recentemente, os...

Instagram

Menino faz método canguru em irmãzinha prematura e a sua reação é a mais fofa 14