Mercur lança borracha feita com matérias renováveis e ideal para pessoas com baixa visão

O maior ícone da Mercur, a borracha de apagar, está de cara nova. A ideia de criar um produto com insumos renováveis e baixa emissão de gases poluentes surgiu em 2011.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Enquanto as borrachas comuns têm apenas 12,9% de matéria-prima renovável, a borracha “LADO B” tem 49,28%. O desenvolvimento do produto contou com a colaboração de educadores, ambientalistas, clientes e fornecedores de matérias-primas.

E o legal é que a borracha está pronta, mas não finalizada. Ela foi criada no modo “B”eta. Ou seja, poderá ser melhorada com o feedback dos usuários. Não é incrível?! O produto passará por novas avaliação para melhorar a experiência do consumidor.

A borracha LADO B é feita com cinzas de cascas de arroz – que foram queimadas para produzir combustível -, substituindo matérias-primas não-renováveis, comuns na composição das outras borrachas de apagar.

A quantidade de cinzas utilizadas para compor a borracha LADO B é inferior ao volume de resíduos gerado no processo de transformação dele em energia. Portanto, a produção da borracha não estimula a queima da casca de arroz, mas amplia as possibilidades de uso.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A principal diferença entre a borracha LADO B e as borrachas brancas Record está na sua densidade. Ela é mais leve e o seu transporte gasta menos combustível, diminuindo as emissões de gases do efeito estufa também na sua distribuição até chegar ao consumidor.

A cor cinza escura faz dela a borracha de apagar perfeita para pessoas com baixa visão, já que as borrachas brancas são mais difíceis de serem “localizadas”, quando estão sobre a folha branca.

A borracha LADO B pode ser adquirida na loja virtual da Mercur, clicando aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,763,858SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Pai solo com câncer terminal passou seus últimos meses procurando uma família para adotar seu filho de 4 anos

Nick Rose, um pai solo de 40 anos, procurou uma família adotiva para o seu filho, Logan, de 4 anos, enquanto lutava contra um câncer terminal.

Voluntários colorem espaços públicos degradados em São Luiz do Paraitinga (SP)

Em São Luiz do Paraitinga, no interior de São Paulo, voluntários começaram a devolver um pouco mais de vida a espaços públicos degradados,

Mulher adota cadelinha sorridente que encontrou correndo no meio de rodovia em Uberlândia (MG)

Em um relato postado no Facebook, a Karine Souza, de Uberlândia (MG), contou como se convenceu a adotar mais uma cadelinha em situação de...

Mulheres em situação de rua ministram aulas de inglês pela internet

Você aprende inglês e, de quebra, ajuda mulheres em situação de rua a melhorar de vida,

Instagram