Meryl Streep defende estrangeiros, a arte e manda recado para Trump no Globo de Ouro

Meryl Streep não deu nomes, mas ficou claro para todo mundo que o seu discurso na premiação do Globo de Ouro 2017 tinha endereço certo: Donald Trump, eleito presidente dos Estados Unidos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A atriz recebeu o prêmio Cecil B. DeMille pelo conjunto da sua obra das mãos da colega Viola Davis – que recebeu sua estrela na “Calçada da Fama” das mãos de… Meryl Streep!

O discurso contra a política de imigração de Donald Trump, que prometeu construir um muro na fronteira dos Estados Unidos com o México para, pedia mais empatia pelos imigrantes, frisando as contribuições dos atores estrangeiros para a história de Hollywood.

Assista ao discurso na íntegra e leia a transcrição (tradução PAPEL POP):

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 

“Obrigada, Associação de Correspondentes Estrangeiros de Hollywood. Só para citar o que o Hugh Laurie disse. Você e todos nós aqui pertencemos aos grupos mais desprezados da sociedade norte-americana atualmente, pensem nisso: Hollywood, estrangeiros e a imprensa. Mas quem somos? O que é Hollywood? Só um monte de gente de outros lugares. Eu nasci e cresci nas escolas públicas de Nova Jersey, Viola veio da Carolina do Sul, Sarah Paulson nasceu na Flórida e foi criada pela mãe solteira no Brooklyn, Sarah Jessica Parker é uma das sete ou oito crianças de Ohio, Amy Adams nasceu em Vicenza, na Itália, e Natalie Portman nasceu em Jerusalém. Onde estão suas certidões de nascimento? Ruth Negga nasceu na Etiópia, foi criada na Irlanda e está aqui indicada pelo papel de uma jovem da Virginia. Ryan Gosling, como todas as pessoas boas, é canadense. E Dev Patel nasceu no Quênia, cresceu em Londres e está aqui indicado pelo papel de um indiano criado na Tasmânia. Então Hollywood está rastejando com os estrangeiros, e se mandarmos eles para fora, só assistiremos futebol e MMA, o que não é arte!”

Ela não parou por aí.

“O único trabalho de um ator é entrar na vida de pessoas diferentes de nós e fazer com que vocês sintam como isso é. E há várias performances neste ano que fizeram exatamente isso, mas há uma performance que me chocou.”

A atriz se referiu ao episódio em que Donald Trump zombou de um jornalista com uma doença congênita. Meryl continuou:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Quando eu vi isso, partiu meu coração, e eu ainda não consigo tirar isso da cabeça porque não aconteceu num filme, e sim na vida real. Esse instinto de humilhar, quando feito por alguém numa plataforma pública, afeta a vida de todo mundo, porque dá permissão para outros fazerem o mesmo. Desrespeito convida desrespeito, violência incita violência. Quando os poderosos usam de suas posições para praticar bullying contra os outros, todos nós perdemos.”

Meryl finalizou seu discurso arrasador dizendo que a imprensa tem o dever de denunciar esse tipo de atitude. “É por isso que nossos fundadores consagraram a imprensa e suas liberdades na nossa Constituição”.

Por fim, ela citou a amiga Carrie Fischer: “Pegue seu coração partido e o transforme em arte”.

ARRASOUUUU, Meryl!!!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Era tudo o que precisamos ouvir nesse começo de ano.

Com informações do PAPEL POP / Foto de capa: Getty Images

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,644,941SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Filme ‘Extraordinário’ incentiva campanha para realização de cirurgias de lábio leporino gratuitas

O filme "Extraordinário" nem bem estreou e já está fazendo o maior sucesso! Tem muita gente dizendo que é o melhor filme do ano....

Uma compilação de vídeos com bebês escutando pela primeira vez

Já falamos algumas vezes aqui no Razões sobre pessoas que puderam escutar graças a um implante coclear, que é um aparelho implantado na orelha...

Policiais distribuem ‘gelinho’ e estreitam laços com a comunidade

“Eles percebem que existe algo por trás do distintivo."

Prefeitura de Blumenau (SC) sanciona lei que autoriza doação de sobras de comida para quem precisa

A prefeitura de Blumenau (SC) sancionou um projeto de lei que autoriza e regulamenta a doação de sobras de alimentos a quem precisa. Estabelecimentos...

Gaivota visita idoso que a salvou há 12 anos todos os dias

O inglês John Sumner arranjou uma inusitada amizade há 12 anos. Em 2007, ele avistou um pássaro com uma perna quebrada e decidiu cuidar...

Instagram