“Mesinha Solidária” ajuda pessoas em vulnerabilidade social com doação de alimentos no interior do Ceará

Uma “Mesinha Solidária” foi colocada no bairro São Miguel, na cidade do Crato (CE), com o objetivo de ajudar pessoas em vulnerabilidade social durante a pandemia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A iniciativa foi da Carolina Sena, de 23 anos, que pensou em como contribuir para quem passa por alguma dificuldade durante estes tempos.

A estudante então colocou uma mesa na calçada de casa e, acima dela, um cartaz com  a frase “Doe alimento e, se precisar, pegue um”.

Doações vieram até do exterior

Carol viu, em pouco tempo, o seu projeto se consolidando e ganhando popularidade na cidade. “Minha tia postou nas redes sociais para os amigos poderem ajudar, alguns até de fora do país, vendo nossa ação, ajudaram mandando um valor em dinheiro“, conta a estudante.

A quantia que ela recebeu do exterior deu pra comprar uma quantidade considerável de alimentos. Os mantimentos foram distribuídos entre 30 famílias de bairros mais vulneráveis da cidade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Olha ela levando os alimentos para doação!

View this post on Instagram

Nossa manhã foi assim, compras, montar as cestas. Só gratidão. Mais tarde faremos entregas 🙌❤ #todosjuntos #solidariedade #amoraoproximo #deuspornós #gratidão #todoscontraocoronavírus #cariri

A post shared by Regando Sorrisos (@regandosorrisos) on

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A mesinha não é só para alimentos

De início, Carol até pensava em receber apenas alimentos, mas ela percebeu que doações de vários tipos chegavam ao local.

Ela recebeu kits de higiene pessoal e 100 máscaras de um empresário de Iguatu, cidade vizinha. Ela colocou esses itens dentro das cestas básicas que foram montadas e estão na mesinha para quem precisasse pegar.

View this post on Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ajude-nos a ajudar 🤝 Só gratidão a todas as doações 🙏❤ Doe e alimente quem precisa. Mesinha Solidária 🤝🥰 #juntossomosmaisfortes #juntoscontraocoronavírus #solidariedade #amoraopróximo #cariri #crato #regandosorrisos #mesinhasolidaria

A post shared by Regando Sorrisos (@regandosorrisos) on

“As pessoas se acostumam a procurar o que já não têm em casa e que não podem comprar no momento. Às vezes é arroz, feijão, macarrão, óleo, sabonete, pasta de dente, o que tiver na mesinha e a pessoa precisar ela pode se sentir à vontade para pegar. Tudo é doado com muito amor“, conta.

Joana d’Arc Caetano, de 38 anos, é catadora de materiais recicláveis e viu sua renda cair muito desde o início da pandemia. Mãe de três filhos, ela hoje fatura entre R$ 30 a R$ 40 por dia, metade do que ganhava antes..

No começo, foi muito difícil. As empresas pararam de comprar. Quando voltou, o preço do quilo caiu pela metade. Essa iniciativa me ajudou muito e ainda ajuda. Agradeço todos os dias o bem que esse trabalho está fazendo. Se não fosse ele, não sei como estaria minha situação“, conta Joana.

Leia também: “Barraca da honestidade” funciona sem vendedor e surpreende motoristas em SC

Carol conseguiu montar e distribuir 80 cestas básicas, até agora. Ela e a tia querem expandir o projeto para outros bairros de Crato e, quem sabe, até para as cidades vizinhas.

Que exemplo Carol! Torcemos para que seu projeto só cresça! E para quem mora em Crato e puder ajudar, basta entrar em contato com ela pelo perfil no Instagram e combinar a entrega da contribuição!

[VEJA TAMBÉM]

Aii gente, e o nosso Luizinho que ficou todo feliz com a surpresa que preparamos com o Braulio Bessa?! A reação dele foi a melhor! Ele é muito fã do poeta e sabe inclusive vários poemas de cabeça. O Luizinho ficou conhecido após uma mulher humilhá-lo enquanto ele vendia trufas com sua família. Agora me diz: como não amar essa simpatia de criança?

FONTE: Diário do Nordeste 

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,839,477SeguidoresSeguir
24,786SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Mineiro vence preconceito, se forma em universidade americana e volta vitorioso

Após quatro anos estudando nos Estados Unidos, Alayê de Brito, 26 anos, retornou ao Brasil com o diploma do Colégio Spring Hill em mãos. Alayê...

Brasileiros criam tecnologia de dessalinização de água que gasta menos energia

Sabemos que 70% do planeta é coberto por oceanos e que apenas 2% da água da Terra é doce. Desses 2%, 1,6% estão nos polos...

Casal ganha passagens aéreas para passar o Dia dos Namorados juntos

A Luiza ganhou passagens de avião para passar o Dia dos Namorados com o Pedro no maior love! 💚

Nesse bar, quanto mais você bebe mais você ajuda entidades beneficentes

O bar, chamado Shebeen, funciona em Melbourne e trabalha, entre outras bebidas, com cervejas de países em desenvolvimento. O fundador Simon Griffiths, diz que, por...

Instagram

"Mesinha Solidária" ajuda pessoas em vulnerabilidade social com doação de alimentos no interior do Ceará 3