Mexicano desenvolve cimento que brilha para substituir iluminação nas estradas

Desenvolvido pelo pesquisador e PhD. José Carlos Rubio, da Universidade de Michoacan de San Nicolas Hidalgo, no México, o “cimento brilhante” é uma alternativa mais sustentável para iluminar as estradas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele é uma espécie de gel que absorve a energia do sol e a devolve para o meio ambiente na forma de luz. Basicamente, ele é feito de areia e argila, e o seu único resíduo é o vapor de água. O seu tempo de vida útil é de incríveis cem anos!

A energia do sol absorvida durante o dia alimenta a iluminação da estrada por até 12 horas. Segundo Rubio, ainda é possível controlar a intensidade das luzes (azul e verde) não atrapalhem os ciclistas e motoristas.

cimento_brilhante

“Uma vez que o material é carregada por um período de 10 a 12 horas tem a possibilidade de emitir luz, começando com uma luz intensa que logo vai diminuindo gradualmente por períodos de 8 a 12 horas, dependendo da qualidade do material e da intensidade da carga”, disse o cientista a um jornal local.

Rubio já recebeu propostas para ter distribuidores e agentes de venda do cimento em países como Argentina, Brasil, Chile e Espanha, onde já tem pessoas interessadas na aplicação do cimento nas estradas.

Em fase de adaptação, a tecnologia também deve ser usada na fabricação de outros produtos da construção civil, diminuindo o consumo de energia elétrica na iluminação de ambientes ao ar livre.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: CICLO VIVO

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

987,742FãsCurtir
1,763,992SeguidoresSeguir
8,642SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem cria escola de lona para alunos carentes em Tocantins e internautas criam vaquinha

Com alguns tecidos, plásticos e madeiras que encontra no lixão, jovem construiu a sua escolinha de reforço. Mas quando chove, ele perde tudo.

Pitbull resgatado de “rinha” não para de sorrir no novo lar

Publicamos no final do ano passado o resgate de 33 pitbulls de uma “rinha” em Itu (SP). O estado dos cães era muito triste. Hoje,...

Menino vende desenhos no portão de casa para ajudar a família e comprar telas

Kayque coloca seus desenhos à venda no portão de casa por R$1,50 para conseguir dinheiro para as telas e para ajudar a família.

Cadeirante que faz entregas em SP sonha ter cadeira motorizada e internautas criam vaquinha

Conheçam o Luciano Oliveira, 44 anos, cadeirante que ficou conhecido por trabalhar como entregador de comida por aplicativo.

Ortobom doa 500 colchões para vítimas de chuva em Raposos (MG)

A Região Metropolitana de Belo Horizonte foi a mais afetada pelas fortes chuvas que caíram em Minas Gerais nas últimas semanas. Um exemplo é...

Instagram